resumao-apocalipse-01

O momento chega para todos: “Apocalipse” já ganhou o selo de pior audiência de todos os tempos!

Jornalista televisivo ama uma notinha apocalíptica sobre audiência de novelas, qualquer estreia de folhetim já é uma chance para publicar a notícia “XXXXXXX tem a pior estreia desde (insira aqui uma novela muito velha que nem seria honesto fazer uma comparação de número no Ibope)”. Mas esse fenômeno era quase exclusivo da Globo, pelo menos até a aparente queda nos números das tramas bíblicas da Record.

Eu explico. O jornalista Ricard Feltrim do Uol fez uma matéria mostrando que a primeira semana de “Apocalipse” na Record teve a pior audiência de todos os tempos em comparações às novelas bíblicas do canal. O índice de 11,1 pontos de média chega a ser menor que os 13,2 pontos de “O Rico e Lázaro”, que já não era a novela baseada na bíblia de maior repercussão do canal. Mas será que podemos julgar apenas numericamente?

Bem, é fato que a Record joga contra sua própria novela ao impedir que as pessoas assistam à trama depois da exibição (nós mesmos do Coisas de TV não conseguimos fazer o tradicional Resumão do primeiro capítulo porque não tínhamos como pegar imagens, afinal nem pra liberar na internet como fazem a Globo e o SBT), mas ver os números como algo apocalíptico talvez não seja o mais certo.

Embora numericamente seja mesmo a menor audiência, podemos ver que há chances de aumentar. “Os Dez Mandamentos”, por exemplo, teve média inicial de 12 pontos e depois disparou. “Apocalipse” tem a mesma vantagem da história de Moisés: é uma trama que muitos conhecem e estão curiosos para ver os efeitos especiais.

É só tomarem cuidado pra não aparecer nenhum extintor…

Fábio Garcia

Nunca tive a chance de falar "como vai, Galisteu?".

Você pode gostar...

Comenta Aí!

10 Resultados

  1. Lyana disse:

    Quem mandou falar mal da minha igreja católica…nao assisto mesmo kkkk

  2. Chris Freires disse:

    Essa novela parece aquelas Simulações que passam no programa The Love School ou no Fala Que Eu Te Escuto,ou qualquer coisa do IURD

  3. douglas disse:

    É só mais novela religiosa ruim disfarçada de série gringa

  4. Professor Tibúrcio disse:

    Amigx que escolheram o gênero.

  5. Ricardo Becker Maçaneiro disse:

    Apocalipse tem uma trama que, dramaturgicamente falando, é muito boa. O problema é que o público não é bobo e percebeu logo no primeiro capítulo que a trama serve muito mais como pregação religiosa do que como novela. E esse é o grande erro da novela, e que vai custar caro para a Record. Todo o trabalho feito desde A História de Ester e catapultado por Os Dez Mandamentos vai por terra, porque a emissora resolveu apostar na polêmica religiosa em detrimento da boa dramaturgia. E o pior é que a base teológica da novela é fraquíssima
    O público não é bobo e percebeu que a Igreja da Sagrada Luz é uma alegoria da Igreja Católica, ainda que a Vivian de Oliveira jure de joelhos no milho que não. Está tudo lá visível, na aparência externa dos trajes e templos da tal Igreja. E o Brasil é o país com o maior número de católicos do mundo, e boa parte estão se sentindo ofendidos. A polêmica é tanta que até evangélicos e crentes de outras religiões e até ateus vêm criticando a trama, com razão. Ah, sim, enquanto isso os evangélicos são quase todos santos (os únicos que não eram pagaram caro logo no começo!) e tem uma igreja Evangélica na novela que tudo leva a crer seja a IURD.
    E, a julgar pela sinopse, vem ainda mais polêmicas em relação ao judaísmo ortodoxo quando houver a segunda vinda de Jesus.
    Em suma: Vivian de Oliveira poderia ter criado uma trama sobre o Apocalipse mais genérica em termos religiosos , mas a pressão por polêmica a autopropaganda da IURD na Record falou mais alto, fazendo de Apocalipse não uma trama bíblica (até porque a base bíblica da novela é tão pífia quanto a base teológica), mas uma trama de propaganda religiosa do tipo das que eram exibidas há 20 anos atrás pela emissora como Janela para o céu, Velas de Sangue e A Filha do demônio (!).

    • Um noveleiro disse:

      Concordo plenamente. A premissa é boa, mas a gente já consegue sentir o cheiro do circo que pode se transformar…

    • Rafa disse:

      Concordo em numero, genero e grau. A premissa é boa, alias já tratado por diversos filmes de ação a terror (nem adianta dar desculpas que não tinha inspiração) mas a execução está bem deprimente, nivel de principiante. Desde o teaser que soltaram no youtube deu pra ver o dedo oculto da IURD e tudo soou uma planfetagem barata feito por crentes fanáticos. E ainda mais agora que o texto está sendo mexido pelos bispos a bel prazer (através da Cristiane Cardoso), só falta a Vivian de Oliveira se encher de tantos desmandos e resolver sair da novela e o circo desandar de vez.

      Um exemplo foi a explicação tirada da bunda que os bispos deram pra morte do policial Luis Sardes, exibido no 3º capitulo, perderam a oportunidade de abordar satanismo, ocultismo para no lugar enfiar pregação pura pro telespectador. O Jayme Perrard falando como escolhia as vitimas foi demais pra mim e desisti de acompanhar ali.

  6. osnar disse:

    essa “novela” é pura propaganda da IURD, constrangimento pelos atores que tem que se sujeitar a esse tipo de trabalho

  7. He-Mana disse:

    Eu particularmente gostei dessa nova novela, tem a pegada bem clássica apesar de não ter uma mana de destaque como as novelas Globais, que tem ultimamente descaracterizado as mesmas. Não há de se esperar que uma emissora com pegada Cristã como a Record inove e ponha uma mana, mas é melhor uma boa trama sem mana do que uma trama ruim cheia de manas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *