4 mudanças no roteiro de ‘Guerra das Estrelas: Os Últimos Jedi

Há 4 mudanças no roteiro de ‘Guerra das Estrelas: O Último Jedi (Guerra das Estrelas 8)‘. Star Wars Episode VIII, dirigido por Rian Johnson, passou por um processo – como todos os filmes – de mudanças na história. E estes são os 4 mais importantes que o Comic Book Movie recolheu no seu site.

1- Poe Dameron era para ser o parceiro do Finn na sua missão na Canto Bight.

O subplot de Finn no filme coloca o antigo Stormtrooper numa viagem galáctica até Canto Bight para encontrar um quebra-código que ajude a desactivar o rasto hiperespacial da Primeira Ordem. Na montagem do filme vimos o Finn acompanhado pelo engenheiro da Resistência, RoseTico. Mas originalmente, era para ser Poe Dameron a acompanhar o ex-soldado FN-2187.

“Poe Dameron ia ser originalmente o acompanhamento de Finn em Canto Bight. Mas essa história era muito aborrecida. Eles eram apenas dois tipos numa pequena aventura. Eu sabia que algo estava errado quando olhei para o diálogo deles e percebi que podia tirar qualquer uma das suas linhas. Não houve conflito entre eles. Então eu sabia que tinha de pensar noutra coisa. Finn precisava de alguém diferente para o desafiar, para o empurrar, para contrastar o seu carácter. E essa é a história de onde Rose veio“, disse RianJohnson, diretor do Star Wars: The Last Jedi.

2- Mark Hamill interpretou Dobbu Scay, um personagem de CGI em Canto Bight.

Interpretar o auto-exilado Luke Skywalker foi um grande desafio para Mark Hamill, embora ele também tenha tido um pequeno papel como personagem coadjuvante. O ator é creditado como DobbuScay, o pequeno personagem bêbado que insere moedas nas slots BB-8 pensando que é uma slot machine. “Eu disse ao Rian Johnson que adoraria fazer algo com a CGI e ele disse que sim. Tive que ir ao cenário do casino e ver os 150 extras em fantasias deslumbrantes“, revelou Mark Hamill.

3- Flashbacks de ‘Star Wars: The Last Jedi’ foram adicionados no final da escrita do roteiro.

Poucos e distantes entre eles, mas houve flashes do que aconteceu entre Luke Skywalker e Kylo Ren e a destruição daquela Ordem Jedi. Segundo Rian Johnson, esses flashbacks foram adicionados logo no final do roteiro do filme e foram inspirados no filme “Rashomon” (1950) de AkiraKurosawa. “Os três flashbacks foram uma adição tardia, uma das últimas coisas que colocamos no roteiro antes de começarmos a filmar. É semelhante a ‘Rashomo’, mas a motivação para a verdadeira história foi que eu queria dar uma surra no King e mudar o seu pensamento“, explicou o diretor.

4- Uma “falsa” Carrie Fisher foi criada para ser colocada na cápsula médica.

No início do filme, o General Leia foi retirado da história pela Primeira Ordem quando foi expulso da ponte do seu navio capital. Mas Leia pode usar a Força para se guiar pelo espaço até outra nave, entrando em coma e sendo colocada em uma cápsula médica. Rian Johnson revelou que ele criou uma versão falsa de CarrieFisher, então a atriz não precisava estar dentro da cápsula naquelas cenas. “Obviamente, quando estávamos a filmar de perto, era a Carrie Fisher. Mas no caso de alguma vez a teres visto ao fundo, Neal Scanlan e a sua criatura a fazer uma máscara e fez uma versão falsa dela para estar debaixo da cápsula. Embora tenham feito um ótimo trabalho, foi um pouco estranho“, disse Rian Johnson.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Esta web utiliza cookies propias y de terceros para su correcto funcionamiento y para fines analíticos y para mostrarte publicidad relacionada con sus preferencias en base a un perfil elaborado a partir de tus hábitos de navegación. Al hacer clic en el botón Aceptar, acepta el uso de estas tecnologías y el procesamiento de sus datos para estos propósitos.
Más información
Privacidad