5 coisas para não fazer antes de assistir “Guerra das Estrelas: O Despertar da Força

A menos de uma semana do tão esperado lançamento de “Guerra nas Estrelas: O Despertar da Força” (J.J. Abrams, 2015), a propaganda global disparou e os espectadores e fãs da mais importante franquia galáctica da história do cinema estão perdendo a cabeça. Ansiosos por fazer fila à porta dos cinemas, loucos gastando todas as suas economias para comprar o merchandising exclusivo, loucos obsessivos-compulsivos que conseguem todos os ingressos para uma sessão para que ninguém os incomode… A coleção de excêntricos warsies está dando muita conversa nos últimos dias e as coisas estão ficando cada vez piores. A solução para tentar evitar essa ansiedade antes do lançamento do sétimo episódio de Star Wars? Não nenhuma. O que há uma pequena lista de cinco coisas que podemos evitar fazer antes da estreia do Star Wars: O Despertar da Força:

Não veja as prequelas da Guerra das Estrelas.

Se há algo a evitar por todos os meios possíveis é não assistir aos três primeiros episódios da saga galáctica. Sem “Ameaça Fantasma” (1999), sem “Ataque dos Clones” (2002), sem “Vingança dos Sith” (2005). Boicote George Lucas, Jar Jar Binks, os Midichlorians e a história de amor acelerada. A publicidade pode ser contraproducente e fazer-nos pensar que estes filmes são bons. Não. Não estão. São uma desgraça, um dano irreparável, uma contaminação que deve ser apagada da existência da nossa frágil memória.

2.- Não enlouqueça seu livreiro de confiança, pedindo-lhe um guerreiro impossível.

Tendo em conta que o cânone literário da Guerra das Estrelas foi varrido da face da Terra pela Disney e que tudo o que será publicado de agora em diante servirá para o futuro, não se deixe levar pela ansiedade e enlouqueça o gerente da sua loja de especialidades favoritas. Não lhe peça livros, quadrinhos, romances gráficos ou qualquer outro tipo de publicação literária cuja história esteja relacionada com o episódio VII; ela simplesmente não existe. No máximo, você pode dar uma olhada em “Star Wars: Empire Destroyed“, grampos atualmente em publicação que apresentam os pais de Poe Dameron (Oscar Isaac). O resto, ainda não existe; está em processo.

3.- Não vá a nenhuma loja ou ligue a TV.

Além disso, fique em casa com os braços amarrados atrás das costas, ou comece a fazer a costura cruzada enquanto assiste aos debates políticos que estão tão na moda no nosso país. Se você for a qualquer loja em qualquer rua de qualquer bairro de qualquer cidade em qualquer província em qualquer comunidade autônoma em qualquer país de qualquer continente em qualquer hemisfério do planeta Terra… você encontrará algo do Star Wars. O merchandising doentio, massivo e consumista de figuras de edição limitada e apenas adequado para colecionadores tomou conta do nosso mundo. E no auge do Natal, para cúmulo de tudo. Vais deixar muito dinheiro e não vais ter de ver o sétimo episódio repetidamente no cinema. Pensa nisso antes de perderes a tua fortuna para um amor galáctico.

4.- Não vigiar o trailer mais de 50 vezes ao dia.

Experimente: coloque o trailer até 50 vezes ao dia. Nós fazemo-lo. Estás com disposição para a Guerra das Estrelas? Trailer. Estás com vontade de Han Solo? Trailer. Chewbacca? Atrelado. E assim por diante, até 50, mas não mais. A partir da 51ª vez consecutiva, sua retina começará a fazer estranhos ruídos aquosos que podem acabar em um hospital, impedindo que você vá à estréia de Guerra nas Estrelas: Despertar a Força. Confie em nós, foi provado por cientistas de todo o mundo, desde Reed Richards até Hank Pym.

5.- Não leia os spoilers.

Nada de ler coisas como Han Solo ou Chewbacca ou ambos vão morrer em ‘O Despertar da Força’; nada de ler coisas como Finn é filho de Lando Calrissian; nada de ler coisas como Rey e Kylo Ren são irmãos, filhos de Han Solo e Leia Skywalker, e vão lutar fratricidamente até a morte; nada de ler que Yoda vai subir sob a forma de um camaleão gigante (acabei de inventar isso, mas George Lucas me chamou para me parabenizar pela minha criatividade). Redes sociais e mídias especializadas em conteúdo nerd como nós são uma invenção do diabo, evite-as!

E tudo isto foram amigos. A única coisa a dizer é esperar o melhor que puder até sexta-feira, para desfrutar da atmosfera antes de ‘Guerra das Estrelas: O Despertar da Força’ e… Que a Força esteja convosco!

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Esta web utiliza cookies propias y de terceros para su correcto funcionamiento y para fines analíticos y para mostrarte publicidad relacionada con sus preferencias en base a un perfil elaborado a partir de tus hábitos de navegación. Al hacer clic en el botón Aceptar, acepta el uso de estas tecnologías y el procesamiento de sus datos para estos propósitos.
Más información
Privacidad