5 coisas que a ‘Pantera Negra 2’ deve ter

Foi impossível para Ryan Coogler não ter uma sequela depois do primeiro filme e a Marvel Studios fez o impossível para o diretor de ‘Creed‘ escrever e dirigir ‘Black Panther 2‘. O filme do super-herói da MCU tem a maior grosseria nacional de todos os tempos, por isso será difícil destroná-lo. Considerando isso e as críticas positivas e o amor dos fãs, a iteração de Chadwick Boseman do Pantera Negra estava destinada a voltar para o grande ecrã. De uma maneira ou de outra. Embora o primeiro filme seja ótimo, ‘Black Panther 2‘ abre as portas para novas oportunidades que os estúdios Marvel Studios e Ryan Coogler devem aproveitar. É impossível adivinhar onde a sequência começará depois do que aconteceu em ‘Vingadores: Guerra Infinita‘ e com ‘Vingadores 4‘ no horizonte imediato. Mas o mundo de Wakanda é imensamente rico e há muito material para uma sequela. Então, começando pelo CinemaBlend, aqui estão as 5 coisas que ‘Black Panther 2‘ deve incluir em seu filme.

Mais gadgets!

Queremos mais tecnologia inventada por Shuri (Letitia Wright) e muitos mais instrumentos que T’Challa poderia usar na sequela. Não se esqueça que este personagem sempre foi comparado ao Batman e o Cavaleiro das Trevas é um especialista em engenhocas. O Rei de Wakanda não fica aquém, acredite em nós!

Explore mais sobre a cidade de Wakanda

Se há uma coisa que o primeiro filme nos fez perder a cabeça, foi a Wakanda. Os desenhos de produção e a arte conceitual do filme foram esmagadores e conseguiram trazer para a grande tela aquela mistura característica de Wakandan da herança africana e da sociedade super tecnológica dos Wakandans. Depois de conhecer a história, origens, tradições, costumes e tribos do país, é hora de conhecer Wakanda em toda a sua glória e explorá-la em profundidade no ‘Pantera Negra 2‘.

As consequências do fim do primeiro filme

No final do ‘Pantera Negra‘, T’Challa enfrenta o mundo e reconhece que a autarquia fascista e xenófoba que Wakanda tinha estabelecido no seu território durante todo este tempo estava a chegar ao fim e estava a começar um período de abertura em que o país africano faria parte da coexistência social, política e económica do planeta. Isto teria obviamente consequências com as quais as consequências teriam de lidar.

O vilão tem de ser diferente

Killmonger (Michael B. Jordan) foi um excelente vilão, sim, mas sua única desvantagem é que ele foi mais uma vez uma versão maligna do personagem principal. Black Panther 2‘ pode evitar isso escolhendo um antagonista que não tenha os mesmos poderes que T’Challa. O primeiro filme esgotou três dos melhores vilões do personagem, mas a sequela terá de encontrar algo ainda mais poderoso para agir como o principal inimigo. Vamos ver qual é o interesse dos Estúdios Marvel neste assunto…

Mais peso para personagens secundários

Shuri, Okoye, Nakia… O primeiro filme já nos deixou com mais desejo por eles e outros personagens secundários deste universo Wakandian. Justiça deve ser feita!

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Esta web utiliza cookies propias y de terceros para su correcto funcionamiento y para fines analíticos y para mostrarte publicidad relacionada con sus preferencias en base a un perfil elaborado a partir de tus hábitos de navegación. Al hacer clic en el botón Aceptar, acepta el uso de estas tecnologías y el procesamiento de sus datos para estos propósitos.
Más información
Privacidad