7 cenas do “Jogo de Tronos” que nunca deveriam ter sido apagadas

Você sabia que existem cenas do “Jogo dos Tronos” que poderiam ter mudado certos momentos da série para sempre? Em uma produção televisiva tão longa, é normal que eles venham à luz ao longo do tempo. Mas a HBO reprimiu certos momentos que tinham um peso brutal no enredo. Realmente significativo.

Por isso aqui deixamos as 7 cenas apagadas do ‘Game of Thrones’ que podem mudar a série para sempre.

1- A Traição da Shae (temporada 4).

https://youtu.be/6Ja9I0oOUGc

Quando Tyrion Lannister foi preso – pela segunda vez no ‘Game of Thrones‘ – na quarta temporada por seu próprio pai (Tywin), a inesperada virada dos acontecimentos foi revelada com a traição de Shae. Ninguém previu isso. Mas foi assim que aconteceu. No entanto, esta cena apagada revela as verdadeiras razões pelas quais Shae trai o anão. Que não são mais do que planos do Tyrion para enviar Pentos contra a sua vontade. Uma decisão que ele nunca deveria ter tomado por ela.

2- A Conspiração dos pneus da Casa (temporada 2).

Após a queda de Renly Baratheon, seu amante Ser Loras Tyrell foi devastado. Contudo, os planos para a Casa Tyrell estavam longe de ser adiados. Com Lady Olenna comandando nas sombras e Margaery sendo a face visível desse projeto, a dinastia Highgarden preparou-se para orquestrar o braço de execução que acabaria com CerseiLannister de uma vez por todas. Como eles estavam errados…

3- O destino irrevogável do Mindinho (temporada 2).

A temporada 7 do “Jogo dos Tronos” também significou a morte do Mindinho. Embora fosse a crónica de uma morte anunciada se a HBO não tivesse suprimido esta cena. Nele, Varys (A Aranha) avisou Petyr Baelish de seu destino fatal e irrevogável. Porque, como ele diz, todas as casas que levaram Harrenhal foram destruídas. Morto. E assim tem sido.

4- Resolução da Lady Olenna (temporada 5).

E por falar em mortes na sétima temporada… LadyOlenna! A matriarca da Casa Tyrell chamava-se a si mesma a líder daquela rebelião cujo propósito era tirar os seus netos da prisão. Este é o momento em que, diante de seu próprio filho, ela faz a determinação final para alcançar esse objetivo e liderar sua linha das perigosas águas de Porto Real diante da ameaça colocada pelos pardais e pelos Lannisters.

5- A admirável inteligência de Tywin Lannister e a face oculta do Mestre Pycelle (temporada 3)

Embora não vos lembreis, houve um tempo no “Jogo dos Tronos” em que Joffrey Baratheon era o rei dos Sete Reinos. Tempos sombrios. Ainda mais. Uma época em que o grande Tywin Lannister aperfeiçoou o seu juízo com cenas como esta. Um tempo em que o Maester Pycelle mostrava as suas verdadeiras cores… calculista, frio e conivente. Mais um no obscuro caterwaul que se aglomera em torno do Trono de Ferro.

6- Tormund, culpado da “morte” de Jon Snow (temporada 5).

E se fosse o Tormund o verdadeiro culpado da “morte” de JonSnow? Esta cena mostra que a chamada Caçadora Gigante ridicularizou Sor Allister Thorne e sua autoridade em Castle Black ao lado do bastardo Stark. De tal forma que provoca indirectamente a chama que acende a centelha da traição dos seus irmãos da Patrulha da Noite.

7- Quando O Cão era mais Clegane do que Dog (temporada 2).

Agora assumimos o papel do Cão. A sua fuga de Porto Real, a viagem com AryaStark, a sua queda para Brienne deTarth, o regresso com a Irmandade Sem Banners… Mas Sor Sandor Clegane foi mais cedo Clegane do que Dog. Para aqueles que não se lembram, aqui está esta cena da segunda temporada do “Game of Thrones” em que ele ameaça um terno, ingénuo e inocente SansaStark. Esses eram os dias!

Fonte: VerTele

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Esta web utiliza cookies propias y de terceros para su correcto funcionamiento y para fines analíticos y para mostrarte publicidad relacionada con sus preferencias en base a un perfil elaborado a partir de tus hábitos de navegación. Al hacer clic en el botón Aceptar, acepta el uso de estas tecnologías y el procesamiento de sus datos para estos propósitos.
Más información
Privacidad