7 razões para acreditar que o Rei é realmente Kylo Ren em “Guerra das Estrelas: O Despertar da Força”.

Star Wars: The Awakening of the Force’ (J.J. Abrams, 2015) devolveu aos seguidores da saga galáctica a ilusão da franquia. Embora muitos tenham chamado isso de “decepção“, os mistérios que foram espalhados pela galáxia também deram razão àqueles que gostam de conspirar para desvendar as incógnitas do que será o futuro com “Guerra das Estrelas VIII” (Rian Johnson, 2017) e “Guerra das Estrelas IX” (Colin Trevorrow, 2019). E quase todas essas respostas derivam de uma única personagem: Rey (Daisy Ridley). Quem é o pai de Rey? Por que Rey estava sozinha em Jakku? Por que todos parecem conhecê-la? Fomos mais longe depois de ver o filme três vezes no cinema e percebemos um distúrbio na Força que nos leva a pensar que o Rei é realmente… Kylo Ren! Damos-lhe as 7 razões convincentes para defender esta pretensão presumivelmente absurda.

1-. Rey e Kylo Ren são a mesma pessoa em Star Wars: Awakening of the Force.

Na verdade, Rey e Kylo-Ren são a mesma pessoa, mas com duas personalidades diferentes. Cada uma dessas duas personalidades representa os dois lados da Força, portanto ambos os personagens juntos são a Força como um todo. O Lado Negro e o Lado Brilhante sempre estiveram em guerra/confrontação permanente, portanto Kylo-Rey é um tipo de representação daquele yin-yang que tem a condição humana por natureza.

2-. A batalha entre as duas personagens é um choque de personalidade.

Estas duas personalidades que comentamos estão se enfrentando no final da ‘Guerra das Estrelas: O Despertar da Força’, em uma batalha de sabres de luz naquela floresta nevada. A suposta vitória do Rei implica uma superioridade moral do Lado Luminoso, enquanto o Lado Negro é tocado diante da “Guerra das Estrelas VIII“. Desta forma, o oitavo episódio da saga galáctica pode ter um novo renascimento do mal, porque a identidade de Kylo Ren prevalece sobre a do Rei.

3-. As semelhanças no nome são demasiado óbvias.

Ainda não reparaste? Kylo Ren, Rey, Kylo, Rey, Rey, Rey… As provas estão lá para todos os que não são tão cépticos a ponto de não acreditarem numa possível reviravolta no guião que deixaria todos atordoados nos seus lugares. O Kylo-Rey é o mesmo personagem e está mesmo debaixo dos nossos narizes. Só tens de acreditar… E sabes o que diria Darth Vader: “A tua falta de fé é irritante.”

4-. Ambos estão em Jakku no início da “Guerra das Estrelas: O Despertar da Força” e têm o mesmo caminho.

No início de ‘Guerra das Estrelas: O Despertar da Força‘, a ação é ambientada em Jakku. De Jakku a Takodana e depois de Takodana a Star-Killer… eles estão sempre no mesmo lugar! Tanto Kylo Ren como Rey (Kylo-Rey, claro) compartilham a ação de diferentes pontos de vista, o que nos leva a reafirmar a idéia de que são o mesmo personagem com duas personalidades diferentes.

5-. O Rei usa a Força quando está acorrentado sem, dizem-nos, a ter usado antes.

Quando o King usa a Força enquanto está acorrentado no Star-Killer, nunca a usou antes. Pelo menos é o que nos é dito durante a primeira hora e meia de “Guerra das Estrelas: O Despertar da Força”. Embora possamos dizer que King tem a Força dentro dele e ele só precisa acreditar nela, a verdade é que se acreditarmos que King é Kylo Ren, ele já tem algum conhecimento prévio que lhe permite usar a Força. E, é claro, se King é Kylo Ren, então o trovador em questão (eles dizem que ele é Daniel Craig) a libera porque ela é realmente a chefe dele.

6-. O conhecimento do Rei sobre a arte da Força e o manejo do sabre de luz é muito avançado.

Seguindo a linha do quinto ponto, por que parece que o Rei tem um conhecimento muito avançado dos assuntos Jedi? Ele usa o sabre de luz muito facilmente e desenvolve conceitos da Força muito além do que deveria ser normal para um iniciante. Por essa razão, vamos com o próximo ponto para sentenciar o artigo como ele merece.

7-. Luke Skywalker olha tristemente para King no final do filme.

Quando o Rei conhece Luke Skywalker no final de ‘Guerra das Estrelas: O Despertar da Força’, o lendário Jedi olha para o futuro com uma vingança. Vamos voltar no tempo para o Millennium Falcon: Han Solo diz a Rey e Finn que Luke Skywalker teve uma nova geração de guerreiros Jedi que deu errado por causa de Kylo Ren. Depois de matar Han Solo no Star-Killer, o Lado Negro assume a dualidade Kylo-King e é aí que vemos as duas personagens lutando uma contra a outra. A vitória do Lado Luminoso sobre o Lado Negro é o que traz o Rei a Luke Skywalker, que ele encontra na ilha perdida da galáxia. O Jedi olha para ela com tristeza, como se estivesse se lembrando do que deu errado, mas esperando apagar o Lado Negro da personalidade de Kylo-King de uma vez por todas.

Por estas 7 razões, o King é na verdade o Kylo Ren! E você sabe disso.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Esta web utiliza cookies propias y de terceros para su correcto funcionamiento y para fines analíticos y para mostrarte publicidad relacionada con sus preferencias en base a un perfil elaborado a partir de tus hábitos de navegación. Al hacer clic en el botón Aceptar, acepta el uso de estas tecnologías y el procesamiento de sus datos para estos propósitos.
Más información
Privacidad