9 coisas para fazer ‘Star Wars 9’ com Luke Skywalker

No final da semana passada foi anunciado o elenco de ‘Star Wars 9‘, um elenco que nos deixou muito, muito pensativos. Entre os nomes que retornam para a conclusão da trilogia das seqüelas e a Saga Skywalker foi o de Mark Hamill. Isto significa que o próprio Luke Skywalker estará lá para terminar a jornada que começou em ‘Guerra nas Estrelas: Uma Nova Esperança‘ (1977). Embora os fãs estejam convencidos há algum tempo de que Mark Hamill voltaria para o filme de J.J. Abrams, o fato de ter sido anunciado foi particularmente notável. Isto significa que a presença de Luke Skywalker não é um segredo e não fará parte de nenhuma “caixa mistério” de Abrams.

No entanto, embora o regresso de Mark Hamill fosse esperado, permanece misterioso considerando onde vimos pela última vez Luke Skywalker em ‘Star Wars: The Last Jedi‘. Em uma demonstração de poder sem precedentes, projetando-se com a Força através da galáxia, Luke Skywalker tornou-se um símbolo de esperança e a centelha que acenderia o chamado à rebelião. Depois ele desapareceu, morrendo e tornando-se um com a Força como Obi-Wan Kenobi antes dele. Supomos que Luke Skywalker será um Fantasma da Força em ‘Star Wars 9‘ mas, para além disso, CinemaBlend explica quais são os 9 relatos do personagem depois do Episódio VIII de Rian Johnson.

Haverá mais flashbacks?

Star Wars: The Last Jedi‘ nos deu uma série de flashbacks que narrou o que aconteceu entre Luke Skywalker e seu sobrinho, Ben Solo (Adam Driver), mas ainda há muita coisa que não sabemos. Já se passaram 30 anos entre o “Retorno dos Jedi” e o “Despertar da Força” e só conhecemos os traços mais gerais do que aconteceu com os Jedi durante esse tempo. Flashbacks poderiam dar mais substância ao personagem que descobrimos em ‘The Last Jedi’, tão diferente daquele que lembramos, e iluminar áreas sombrias como o Líder Supremo Snoke, os Cavaleiros do Ren e outras aventuras (você já conheceu uma mulher, como MaraJade?). Incluir flashbacks também daria a Mark Hamill mais do que apenas um papel de Fantasma da Força dando palestras a outros.

Ele vai ter uma cena com a Leia novamente?

A confirmação de que Leia Organa (Carrie Fisher) estaria na ‘Guerra das Estrelas 9‘ foi um grande alívio para muitos fãs da saga galáctica. Juntamente com o regresso de Mark Hamill, isto levanta a possibilidade de voltar a ver dois dos três heróis originais juntos. Vimos Leia e Luke se despedirem em ‘O Último Jedi‘, mas talvez o retorno de ambos signifique que haverá uma última cena real. Pode ser difícil, mas Luke liderar sua irmã como Fantasma da Força seria um bom final para a saga… Ou pelo menos parece que a priori.

O que faria ele como Fantasma da Força?

Supondo que Luke Skywalker regressa em ‘Guerra das Estrelas 9‘ como Fantasma da Força, a questão é: o que será capaz de fazer? A resposta mais óbvia é ajudar o Rei (Daisy Ridley) e a Resistência, potencialmente formando uma nova Ordem Jedi. Luke poderia ensinar King da mesma forma que foi ensinado por Obi-Wan Kenobi e Mestre Yoda. Além disso, ele nunca deu sua terceira lição em “O Último Jedi“, antes do rei deixar a ilha de Ahch-To. Também poderia ajudá-la a entender os textos Jedi que ela salvou e ensiná-la a construir um novo sabre de luz. King lhe deu razão para ter esperança novamente e, embora morto, sendo otimista novamente, ele poderia ser um grande Mestre Jedi.

Qual será o tamanho do seu papel?

Isto está relacionado com muitas das outras questões levantadas, no sentido do papel significativo que Luke Skywalker irá desempenhar na ‘Guerra das Estrelas 9‘. Todos nós queríamos que ele fosse uma estrela em “O Último Jedi” depois de sua ausência de “O Despertar da Força“. Dar ao herói caído mais tempo e mais diálogo pode ser uma possibilidade no episódio final da saga Skywalker. Nenhum de nós quer um camafeu estilo Yoda no Episódio VIII. A chave será focar em King, então Luke provavelmente terá um papel chave no filme.

Ele vai interagir com outros fantasmas?

O Star Wars 9 deve ter um alto grau de serviço do ventilador e o uso dos Fantasmas da Força abre muitas possibilidades para que isso aconteça. Temos que ver Yoda mais uma vez como em “O Último Jedi” e correm rumores de que ele vai voltar. No entanto, ele é apenas um dos Mestres Jedi mortos. Não veremos um Templo Jedi com fantasmas, mas alguma interação entre Yoda, Luke e Obi-Wan Kenobi seria ótimo. Que tal um final para o Retorno dos Jedi?

E quanto ao Kylo Ren?

No final de ‘The Last Jedi‘, Luke Skywalker conclui sua batalha com Kylo Ren dizendo: “Até logo, garoto. E ele desaparece. Se tomarmos essa frase literalmente, assumimos que Luke e Kylo se cruzarão novamente. O Luke disse à Leia que não podia salvar o Ben, por isso talvez, como Fantasma da Força, ele persiga e atormente o rabugento Kylo Ren. Ele pode até tentar redimir Ben Solo (há redenção para ele, afinal de contas?). Vimos muito pouco de sua dinâmica além do terceiro ato do Episódio VIII; mas essa relação tem sido o catalisador de todo o arco de trama da trilogia da sequela, então seria bom se ela terminasse em ‘Guerra das Estrelas 9‘.

Como é que o Luke vê os Jedi agora?

Uma das grandes críticas ao “O Último Jedi” foi que Luke Skywalker não era mais aquele símbolo de esperança com o qual muitos cresceram na trilogia original. Exausto, cínico, amargo, cansado do mundo… Luke tinha perdido a fé e já não acreditava em nada. Ele via os Jedi como uma instituição profundamente imperfeita e corrupta, com apenas um legado de fracasso por trás disso. No entanto, no final do filme, ele parece acreditar novamente ao dizer ao Kylo Ren que não será o último Jedi. Então o Rei o ajudou a perceber que ele estava errado e agora ele é a favor da restauração da Ordem Jedi ou sua visão em “O Último Jedi” foi mal interpretada? Você pode ver na Guerra das Estrelas 9 a necessidade da existência dos Jedi enquanto você ainda quer que as coisas mudem para evitar futuros desequilíbrios da Força e a regularidade com que os usuários do Lado Brilhante acabam sucumbindo ao poder e à tentação do Lado Negro.

Qual é o seu verdadeiro propósito?

Quando Luke Skywalker desaparece no final do filme, King diz a Leia que sentiu “paz e determinação“. A inclusão de Mark Hamill na “Guerra das Estrelas 9” significa que ele tem algo a fazer e, presumivelmente, tem um objetivo. Como Fantasma da Força, ele poderia até ter ganho uma maior compreensão da Força e do universo. A questão é: qual é o seu verdadeiro propósito agora? Querer ajudar seus amigos e familiares a vencer a batalha contra a Primeira Ordem não é grande o suficiente para um personagem como ele. Algo escapa ao nosso entendimento. O objetivo de um tal Lucas teria de ser maior do que derrotar um regime totalitário. Sendo o filho do Escolhido (Darth Vader), talvez após a morte ele possa encontrar a melhor maneira de trazer equilíbrio à Força.

Mas e se ele não estivesse morto?

Obviamente, isto é pura especulação. Acho que ninguém espera realmente que J.J. Abrams desfaça a morte de Luke Skywalker na Guerra das Estrelas 9, mas seria histórico. Não é provável que isso aconteça, e se acontecesse, teria de ser feito com muito cuidado e com muitas explicações. Mas, da maneira como as coisas estão, é exequível. Luke Skywalker provou que tem um nível de poder que nunca vimos antes, nem mesmo AnakinSkywalker, Mace Windu ou o próprio Yoda. Então, talvez, talvez, ele não tenha mesmo desaparecido. King sentiu a sua energia partir, mas talvez tenha simplesmente ascendido a um nível de poder que ela é incapaz de perceber. Essa é a beleza da Força, isso é magia. Achas que isso é possível?

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Esta web utiliza cookies propias y de terceros para su correcto funcionamiento y para fines analíticos y para mostrarte publicidad relacionada con sus preferencias en base a un perfil elaborado a partir de tus hábitos de navegación. Al hacer clic en el botón Aceptar, acepta el uso de estas tecnologías y el procesamiento de sus datos para estos propósitos.
Más información
Privacidad