A mulher na janela (1944) por Fritz Lang

A

mulher na janela (1944) * EUA

Duração: 99 min.

Música: Arthur Lange

Fotografia: Milton Krasner

Roteiro: Nunnally Johnson (N.: J. H. Wallis)

Endereço: Fritz Lang

Artistas: Edward G. Robinson (Richard Wanley), Joan Bennett (Alice Reed), Raymond Massey (Frank Lalor), Edmund Breon (Dr. Michael Barkstane), Dan Duryea (Heidt / Tim), Thomas E. Jackson (Inspector Jackson), Dorothy Peterson (Sra. Wanley), Arthur Loft (Claude Mazard / Frank Howard / Charlie).

Richard Wanley é um professor de filosofia casado e feliz que aguarda o próximo mandato de seu departamento enquanto sua esposa e filhos vão de férias. O Richard sente-se suficientemente velho para tirar partido desta liberdade. Ele limitar-se-á a ler e a sair com os seus amigos fiéis.

Mas na primeira noite, após sair do seu clube onde estava lendo, ele vê um retrato de uma linda mulher atrás de uma vitrine de uma loja. E então a modelo, Alice Reed, aproxima-se dele e inicia uma conversa com ele, e, contra sua tendência natural, ele decide convidá-la para uma bebida e depois acompanha sua casa, onde ela lhe mostra outros esboços.

Mas uma vez lá, e inesperadamente, aparece um homem que, acreditando que Richard é o amante de Alice, o aflige, quase o matando, o que ele consegue evitar enfiando-lhe uma tesoura nas costas.

Assustado com a sua acção, e temendo que seja acusado de homicídio, decide juntamente com a rapariga esconder o corpo e apagar qualquer vestígio possível, descobrindo que o homem assassinado é o potentado Claude Mazard.

Seu amigo Frank, o promotor público, ficará encarregado da investigação, o que o ajudará a saber como está indo a investigação, descobrindo assim que a polícia tem, através das impressões digitais do assassino, suas características pessoais, assim como uma amostra de seu sangue que foi deixada em um arame farpado.

No entanto, ele não se sente muito ameaçado até aparecer Heidt, guarda-costas do Mazard, um criminoso que tenta chantageá-los exigindo 5.000 dólares da Alice.

Sabendo que o chantagista estará sempre atrás deles exigindo cada vez mais dinheiro, eles decidem acabar com ele, tentando envenená-lo com uma droga que simula um ataque cardíaco.

Desesperado pela espiral em que esteve envolvido, Richard decide suicidar-se, sem sequer saber que o chantagista foi morto pela polícia quando se surpreendeu com a saída da casa de Alice, levando também o relógio do morto, que ele tirou de Alice, por isso é considerado o assassino.

Enquanto ele está a morrer, alguém lhe liga. É o zelador do clube dele que o lembra que são 10:30. Ele percebe então que foi tudo um pesadelo e respira um suspiro de alívio.

Classificação: 4

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Esta web utiliza cookies propias y de terceros para su correcto funcionamiento y para fines analíticos y para mostrarte publicidad relacionada con sus preferencias en base a un perfil elaborado a partir de tus hábitos de navegación. Al hacer clic en el botón Aceptar, acepta el uso de estas tecnologías y el procesamiento de sus datos para estos propósitos.
Más información
Privacidad