As Aventuras de Thaddeus Jones (2012) por Enrique Gato

As Aventuras de Thaddeus JonesAs Aventuras de Thaddeus JonesSpain

(2012) *

Também conhecido como:
– Thaddeus, o Explorador Perdido.

Duração: 92 min.

Música: Zacarías M. de la Riva

Roteiro: Javier López Barreira, Gorka Magallón, Ignacio del Moral, Jordi Gasull e Neil Landau (Sobre a BD de Javier López Barreira e Gorka Magallón).

Direcção: Enrique Gato

Um helicóptero chega a um lugar remoto, até que descobre a pirâmide que procurava.

Este é na verdade Tadeu, um menino que brinca de arqueólogo e que é ridicularizado por outras crianças quando o vêem cavando com sua pá de plástico, embora de repente ele consiga encontrar algo que ele considera um tesouro, um gêmeo que seu pai perdeu anos atrás, algo que será seu gêmeo sortudo a partir daquele dia.

E embora ele seja um grande explorador, não pode ir dormir até que sua avó verifique que não há monstros em seu quarto, embora assim que ele deixa sua avó comece a sentir medos, adormecendo enquanto olha a fotografia de seus pais.

À medida que cresce, Tadeu procura tesouros, o que o leva a fugir de uma antiga pirâmide cheia de perigos mortais por toda a parte que deve evitar, juntamente com os monstros que aparecem por toda a parte.

Mas a realidade é que todas estas aventuras estão apenas na imaginação de Tadeo, ele é apenas um pedreiro espanhol que vive em Chicago, e que vive o seu trabalho de construção como se fossem verdadeiras aventuras arqueológicas que colocam os seus colegas em perigo ao criar o caos à sua volta, por isso o seu patrão deve lembrá-lo constantemente que ele é um trabalhador e não um arqueólogo, queixando-se também do seu cão Jeff, que Tadeo defende dizendo que é uma estrela, o protagonista dos últimos anúncios da lotaria de Natal. Mas quando ele faz xixi na perna do chefe, acaba por ser despedido.

Seus colegas também lhe pedem para ser mais realista, pois esta é a sétima vez que ele é despedido e ele não terá que viver.

Mas ele não parece importar-se. E depois de perder o emprego vai para o lugar que mais o fascina, o Metropolitan Museum, onde fez amizade com o Professor Miguel Humbert, sonhando ser Max Mordon, uma estrela da mídia que o Professor Humbert odeia.

Tadeo traz-lhe a descoberta desse dia, uma garrafa de Coca-Cola que parece antiga, embora o professor lhe diga que é apenas uma réplica que ele empilha numa prateleira cheia de suas descobertas falhadas, embora ele o encoraje dizendo-lhe que um dia ele encontrará algo valioso.

Quando estão juntos, Humbert recebe um telegrama de seu amigo Professor Lavrof, que há 30 anos vem tentando fazer uma fabulosa descoberta, referindo-se à cidade inca de Paititi, também conhecida como a cidade do ouro, e lhe pede para pegar o vôo que partirá duas horas depois para o Peru.

Humbert explica a Tadeo que há 500 anos os Incas decidiram transferir seu tesouro para um lugar secreto, Paititi, onde se acredita que ainda vivem, e ele tem um pedaço de pedra que ele considera parte da chave da cidade.

Antes de sair, o professor dá-lhe um chapéu que pertenceu ao Indiana Jones.

Eles vão juntos para o aeroporto, e o professor tem que correr, porque o chamam para entrar no avião, o que o faz cair, dando-lhe alguns comprimidos, embora ele fique confuso e lhe dê alguns que são para dormir, então quando os serviços de saúde chegam eles têm que levá-lo para fazer uma lavagem ao estômago, então ele não pode estar bem até alguns dias depois.

Ao chamarem o professor para entrar no avião, Tadeo aproveita o facto de ter o bilhete e entra no avião sem perceber que alguém está a observá-los.

Uma vez no Peru é recebido por uma bela mulher, Sara, filha do professor Lavrof, e por seu assistente, Freddy, que torna seu trabalho compatível com a venda de rua, carregando sua mercadoria escondida dentro de seu casaco.

Enquanto ele fala com ele, os homens que o perseguiam chegam e o raptam.

A Sara segue os raptores, acompanhada pelo Jeff.

No carro, pedem ao Thaddeus a matrícula, que ele não tem, porque foi deixada na mochila que a Sara pegou.

Ele tenta explicar a ela que não é Humbert, descobrindo que seu passaporte não coincide com o nome do professor, aproveitando a confusão para usar um gadget que Freddy lhe vendeu para jogá-los fora da pista e conseguir fugir, sendo pego por Sara, embora eles consigam jogar um localizador neles.

Thaddeus finge para Sara que é um enviado Humbert, reclamando que é um novato enquanto Jeff engole o localizador atirado a ele.

Quando chegam ao estúdio, eles vêem que alguém entrou lá e virou tudo de cabeça para baixo.

Então um papagaio, Belzoni, chega e não fala, mas traz-lhes uma mensagem de Lavrof pedindo-lhe que cuide disso para que não caia em mãos erradas e eles vão a Machu Picchu, observando Tadeu, que é a outra metade da tábua, da qual Sara lhe diz que só Humbert e seu pai conhecem a língua da tábua.

O papagaio fá-los entender que alguém está a perseguir o pai deles.

Ele decide pegar um trem sem saber que Kopponen, o homem que sequestrou Jones, está nele. Ele tira a tábua dele, embora Belzoni a tire dele novamente, o papagaio a tira dele, que a perde novamente, ficando no telhado onde Sara sobe, que se surpreende com Kopponen lá.

Novamente com a tábua, Kopponen e seus homens fogem de carro, embora Belzoni consiga remover a tábua novamente, perdendo-a novamente no topo do trem, onde Sara e Thaddeus estão trabalhando duro para pegá-la, ela diz a ele que descobriu que aqueles que os perseguem pertencem a Oddyseus, uma organização pirata

Eles pegam a tábua, mas um túnel se aproxima e estão prestes a morrer, embora sejam salvos ao cair por uma abertura no vagão para onde vão as chamas, conseguindo também enganar os criminosos graças ao túnel, aqueles que temem que se tornem imortais se encontrarem Paititi diante deles, que fogem nas chamas, conseguindo assim evitá-los, embora eles mesmos estejam perdidos e não saibam onde estão.

Graças ao GPS de Freddy, eles encontram o caminho para Machu Picchu, embora quando chegam ao escritório do pai de Sara, eles verificam se ele não está lá.

Eles vão para o deserto de Nazca, percebendo antes de partirem que os Oddyseus os perseguiram lá, tendo que fugir deles num balão de ar quente.

No balão, em forma de hambúrguer, Freddy prepara hambúrgueres para todos eles enquanto assiste aos capítulos de sua novela favorita.

Sara queixa-se de não poder ver seu pai praticamente, sempre preocupada com suas descobertas, dizendo a Tadeu que ele perdeu seus pais, mostrando-lhe a memória que ele tem de seu pai, seu amuleto, o gêmeo.

Enquanto eles voam Jeff começa a adoecer, observando também que quando se aproximam dele na televisão ele faz interferências, vendo como ele cospe o localizador, embora já tarde demais, porque dois helicópteros de Oddyseus os localizaram e os detêm, fazendo-os prisioneiros até a entrada da pirâmide onde têm o professor Lavrof preso junto com Max Mordon, observando Tadeu como este beija Sara depois do que ele pede a Sara para lhes dar o que eles procuram para que os deixem ir, Embora seu pai não possa acreditar que ela a tenha levado, entregando-a a Kopponen, que a insere no buraco do centro ao lado da porta e onde encaixa perfeitamente, podendo assim acessar a chave para ler o mapa que leva ao Paititi, vários círculos de pedra que rolam para baixo até serem colocados e tornados legíveis para Lavrof, que deve decifrar o hieróglifo.

Com seu objetivo alcançado, levam o professor e Max ao lugar indicado pelo hieróglifo, deixando Tadeu e Sara com alguns guardas, indicando que se o professor não colaborar, eles terminarão com ela.

Mas quando eles saem, Sara começa a pensar em algumas palavras ditas por seu pai antes de sair, descobrindo uma porta atrás da pedra, Sara percebe que a tábua era a chave, então eles começam a empurrar até que conseguem abri-la, descobrindo que atrás dela está o verdadeiro mapa de Paititi, que se reflete na pele de uma chama.

Mas o mau é que eles ficam presos, embora quando vêem Jeff percebam que deve haver outra saída.

A imprudência de Freddy, que tenta roubar uma peça faz com que a sala comece a se destruir como nos piores sonhos de Thaddeus, Jeff conseguiu encontrar a saída, correndo Thaddeus para resgatar Sara, que ficou tentando interpretar o avião.

Uma vez lá fora, e tendo Sara conseguido conhecer o local onde fica a entrada para Paititi, eles vão numa escavadora que Tadeu conta como aprendeu a conduzir no metro, fazendo de Sara que fala do Metropolitano.

Quando ficam sem gasolina continuam a andar, por isso acabam muito cansados, tendo de parar para descansar.

Eles aproveitam então para conversar, reclamando Sara que Max é, como seu pai, um workaholic, sendo Tadeo diferente.

Aproveitando esse momento, Tadeu tenta dizer a verdade a Sara, embora ela adormeça e não o escute.

Não muito longe dali, dezenas de guindastes cavam no meio do deserto tentando encontrar a cidade perdida, Max colaborando com eles, certo de que Lavrof não mentiu para eles, já que ele vai ser seu futuro sogro.

Tadeo e seus amigos tentam encontrar a entrada, quando de repente, do mato, um puma emerge e começa a seguir Tadeo, jogando uma capa para Freddy, com a qual ele deve lutar contra o puma, que, ao se apressar, fica enredado em sua capa, aproveitando-se de Tadeo para se esconder em uma pequena caverna, enquanto de uma árvore, seus amigos jogam cocos para o puma até conseguir assustá-lo.

Então Tadeu percebe que em seu esconderijo há restos arqueológicos e que no final do túnel está a cidade perdida, abrindo um buraco ao bater numa pedra.

Os homens de Oddyseus estão cavando há 24 horas sem conseguir nada, o professor observa de lá com seus binóculos os morcegos que saem da caverna descobertos por sua filha, mas ele se surpreende com Kopponen, que também os vê.

Partem imediatamente para o local com os seus veículos, separando Tadeu e Sara e tomando o seu lugar, descendo-os num elevador.

Antes de descer Max diz que eles não podem deixá-los vivos, embora Kopponen os considere inofensivos, apesar de Max ordenar que terminem com Tadeo, embora Jeff consiga distrair seu captor, podendo Tadeo levantar uma grua conseguindo enganá-lo, apesar do que está a ponto de terminar com ele, evitando que Freddy atire uma pedra ao guarda, depois do que Belzoni atira neste a centenas de morcegos, conseguindo fugir.

Abaixo eles encontram duas portas, indicando ao professor que eles devem passar pela da esquerda, com Tadeu fazendo isso quando ele desce a da direita, chegando assim a um velho templo onde ele vê que há alguém observando-o, mas não se mostrando.

Ele aproxima-se de um ídolo e vê um ser assustador, uma múmia, aproximando-se, então ele se assusta e grita, embora o Inca também se assuste e grita, fugindo.

Quando Kopponen e seus homens ouvem seus gritos, correm em direção ao lugar, dizendo a Tadeo que Max é um dos homens de Oddyseus. Max reage a isso pedindo a Tadeo que diga a Sara que ele não é arqueólogo, mas um trabalhador da construção civil, Depois do que ele ordenou para terminar com ele, ouvindo Sara como os homens o chamam de chefe, tendo que reconhecer que ele ordenou raptar seu pai e liquidar Freddy e Tadeo, dando-lhe uma bofetada quando ela o escuta, saindo, embora ela também esteja zangada com Tadeo por ter mentido para ele.

Entretanto, a múmia tenta descobrir como expulsá-los, fazendo o fogo sair e derrubando uma enorme bola de fogo que persegue os intrusos.

Tadeo cai e Sara o ajuda e salva sua vida, reconhecendo diante dela que a única coisa que ele disse sem mentir é que ele era o fã número um de Max.

Ele então diz à Sara que viu as múmias vivas, dizendo que se são múmias, não estão vivas.

A câmara de ouro está atrás de uma porta, embora eles devem saber qual delas, havendo dezenas de cordas, sendo apenas uma correta, todas as outras sendo armadilhas, Max realmente puxando uma delas, causando um acidente.

Mas Tadeu está disposto a cumprir sua missão e a se livrar dos criminosos, então ele tenta encontrar a corda certa puxando os outros, o que lhe permite se livrar de seus inimigos, indo de corda em corda tentando alcançar o vermelho que é a chave, competindo com Kopponen, cuja corda ele consegue cortar, fazendo-o cair no abismo antes de alcançar a corda vermelha que abre uma porta pela qual Max escorrega para fora depois de Tadeu.

Max encontra a estátua de ouro e tenta derrubá-la, embora quando a atinge veja o telhado aberto e um enorme monstro de pedra emerge, que a múmia inca colocou em movimento. Ele garante que eles protegem a estátua há 500 anos e que não vai permitir que eles a tirem.

Mas Max consegue tomar o controle do gigante de pedra, estando à beira de acabar com a própria múmia Inca, que se salva graças a Tadeu, que consegue subir por cima do monstro e subir até chegar ao topo, onde está Max, com quem começa uma luta na qual Tadeu cai novamente, ser apanhado pelo gigante nas garras, depois atirando a múmia o prumo que o próprio Tadeu tinha perdido quando caiu no poço, atirando-o contra Max, conseguindo fazê-lo cair, embora o monstro quebre então o vidro que protegia o índio dourado com o qual Max é feito, que assim obtém a vida eterna.

Mas a múmia inca não parece estar preocupada, dizendo a Thaddeus para assistir, vendo como Max começa a se deformar. Ele se tornará imortal, mas não como ele esperava, mas se transformará em um monstro como ele, uma múmia, não tendo antídoto e ordenando que Max seja trancado em uma cela escura, onde permanecerá para sempre.

A múmia mostra-lhes o tesouro dos Incas, que de facto existe e é muito belo, depois do que lhes oferece duas saídas: ou se tornam múmias ou morrem, porque têm medo de desvendar o seu mistério.

Tadeo assegura-lhe que nunca ninguém saberá nada sobre aquele lugar, dando-lhe o seu tesouro mais valioso, o gémeo do seu pai para o tesouro do Inca.

A múmia diz-lhe que eles são os melhores mortais que ele já encontrou e deixa-os sair enquanto guardam aquele pequeno tesouro de Tadeu, que vê as portas da cidade fecharem-se à sua frente, juntamente com a professora e Sara.

Eles voltam lá fora onde Freddy os espera e lhe dizem que não conseguiram encontrar nada e que a lenda de Paititi continuará sendo uma lenda.

Tadeu diz a Sara que sente muito por ela ter perdido seu herói, dizendo que ela encontrou um verdadeiro, Tadeu, a quem ela beija, fazendo-o muito feliz antes de retornar à “civilização” a bordo de um guindaste.

Classificação: 2

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Esta web utiliza cookies propias y de terceros para su correcto funcionamiento y para fines analíticos y para mostrarte publicidad relacionada con sus preferencias en base a un perfil elaborado a partir de tus hábitos de navegación. Al hacer clic en el botón Aceptar, acepta el uso de estas tecnologías y el procesamiento de sus datos para estos propósitos.
Más información
Privacidad