Batman. A luz do sol pode destruir o Cavaleiro das Trevas?

Os desafios que o Batman enfrentou ao longo dos anos fizeram de Gotham um campo de batalha, e nem todos aceitam os custos da luta. Peter J. Tomasi continua a sua estadia na Detective Comics, colocando luz contra a escuridão, e desta vez, escuridão, é o Batman.

NÃO É O CAVALEIRO ARKHAM QUE VOCÊ CONHECE.

Arkham tornou-se um ícone no mundo do Batman, tanto que em sua adaptação aos seus últimos videogames, um personagem foi nomeado Cavaleiro Arkham, o Cavaleiro Arkham. Com o mesmo nome mas com uma origem, habilidades e sobretudo, com uma missão diferente, o roteirista Peter J. Tomasi e o cartunista Brad Walker, criaram um personagem que sem ser um vilão aliado com eles, sem ser um herói, prega a busca de justiça e luz numa cidade na sombra, estranha, complexa, que vai fazer as pessoas falarem.

O escritor tem experiência com Batman, mas sua primeira etapa foi com Batman, e com Robin, e ele retoma essa dinâmica. Ele recupera a importância de Damian no mundo do batman, essa grande diferença entre eles, porque um tomou seu caminho, fez sua escolha, e o outro foi criado para segui-lo, sem escolha. Ele não é um recurso hackneyed, ele o usa habilmente, porque o Cavaleiro de Arkham tem uma relação profunda com o Batman, com os caminhos da justiça, e com a escolha, às vezes incorretamente. Ele não esquece o secundário Tomasi, que sempre tem um espaço para todos aqueles que compõem o mundo da grande batfamily, mesmo que não usem uniforme e saltem dos telhados.

HÁ VIDA POR DETRÁS DO NÚMERO 1000

A trama principal é um confronto entre a luz e as trevas, mas não entre o bem e o mal. Isso é um detalhe muito importante, já que estamos a falar de visões e obsessões. Batman é um herói, mas tem um efeito sobre Gotham, uma espécie de escuridão que envolve a cidade, protege-a, mas torna-a sinistra. O Cavaleiro procura a luz, a verdade, sem aterrorizar os ímpios, deslumbrando e enchendo de brilho todas as ruas de Gotham. Ambos têm uma visão diferente de como combater o mal, mas as suas obsessões são semelhantes, a justiça e a libertação de Gotham. Os meios são antagônicos, medo e escuridão versus fé e luz, e o choque produz faíscas.

Brad Walker é uma estrela em ascensão, e o seu estilo limpo e enérgico faz dele uma grande escolha para o Batman. A sua composição ainda está a desenvolver-se, abusa de planos gerais e de grandes cenas de acção e deixa os detalhes para momentos mais descontraídos. É directo e duro, tem formas mas falta-lhe subtileza. Isso não significa que sua arte não seja espetacular e poderosa, e que seja fácil de ler, apesar de alguns momentos narrativos pouco desenvolvidos, às vezes eles têm um ar muito próximo de Jason Pearson ou do primeiro Joe Quesada, o que o deixa com um nível muito alto de qualidade, e um futuro promissor.

O Detective Comics passou o seu milésimo número, e ele tem saúde para mais mil. Se a série de Tom King é a que marca a vida do Batman e sua linha principal, esta é a que nos dá a todos a aventura, o conflito direto, as investigações e, sobretudo, a família dos morcegos em sua forma mais pura. Tomasi é um dos melhores escritores super-heróis da DC Comics, e não tem problemas em mostrá-lo em cada série em que trabalha, a Detective Comics é um bom exemplo disso, e nessas séries ele vai ter os melhores cartunistas da casa, o que significa que vamos continuar a desfrutar de um grande palco.

INFORMAÇÕES FORNECIDAS PELA EDITORA
Batman: Detective Comics No. 18

Começa a nova fase de um dos títulos históricos de banda desenhada do mundo! Depois de 1.000 edições, você pensaria que o Batman faria uma pausa… erro! Peter Tomasi (As Aventuras das Super crianças) e Brad Walker (Aquamum) colocar o Cruzado do Cabo à frente da ameaça mais perigosa da sua carreira! O Cavaleiro Arkham, a nova versão do personagem nascido no mundo dos videojogos, chegou a Gotham, e as coisas estão prestes a piorar! Quem se esconde atrás da máscara? Qual é o seu objectivo?

EDIÇÃO ORIGINAL: Detective Comics No. 1001-1004 USA ||Data de publicação: Novembro 2019 || SCRIPT:Peter Tomasi|||DRAWING:Brad Walker|||FORMAT: Folheto, 96 páginas a cores.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Esta web utiliza cookies propias y de terceros para su correcto funcionamiento y para fines analíticos y para mostrarte publicidad relacionada con sus preferencias en base a un perfil elaborado a partir de tus hábitos de navegación. Al hacer clic en el botón Aceptar, acepta el uso de estas tecnologías y el procesamiento de sus datos para estos propósitos.
Más información
Privacidad