Bridget Jones. I Will Survive (2004) por Beeban Kidron (Bridget Jones: The age of reason)

Bridget Jones. Eu vou sobreviver à Bridget

Jones: A idade da razão (2004) * Grã-Bretanha – EUA – França – Irlanda – Alemanha

Também conhecido como:
– “Bridget Jones 2: On the Edge of Reason” (Chile)

Duração: 104 Min.

Música: Harry Gregson-Williams

Fotografia: Adrian Biddle

Roteiro: Richard Curtis, Helen Fielding, Andrew Davies, Adam Brooks

Endereço: Beeban Kidron

Artistas: Renée Zellweger (Bridget Jones), Colin Firth (Mark Darcy), Hugh Grant (Daniel Cleaver), Jacinda Barrett (Rebecca Gillies), Gemma Jones (Pamela Jones), Jim Broadbent (Colin Jones), James Faulkner (Tio Geoffrey), Celia Imrie (Una Alconbury), Sally Phillips (Shazza), Shirley Henderson (Jude), James Callis (Tom).

Ano novo, novo diário. E um novo convite da mãe dele para o buffet de caril de frango dela.

Como uma intrépida repórter, Bridget Jones deve saltar de pára-quedas para uma cerca cheia de porcos e fezes e gravar a queda na câmara.

Agora ela está feliz e seu relacionamento durou mais de 6 semanas, o que ela considera um milagre, já que não é megalomaníaca, pervertida ou viciada no trabalho, e é uma deusa sexual.

É por isso que um dia, quando chega ao trabalho, chama Mark lembrando-o de sua sessão de sexo na noite anterior, avisando-o de que suas mãos estão livres e estão escutando-o, entre outros, o embaixador mexicano e o embaixador da Anistia Internacional.

Ele recebe uma chamada da gerência, temendo que seja o anúncio de sua demissão após seu relatório, descobrindo que, pelo contrário, lhe será dada uma seção fixa.

Quando Mark a chama para adiar o jantar, ela se encontra com seus amigos, que esperavam que ela encontrasse um namorado antes, e quando ela o faz, eles lhe dizem que seu marido está dormindo com sua secretária.

E então aparece Janey Osbourne, “Medusa”, que gosta de “picar”, que lhe conta sobre o jantar dos advogados de que Mark nem sequer lhe falou, dizendo-lhe também que viu Mark entrar em sua casa com a jovem Rebecca, de 22 anos.

Ela decide ir até a casa de Mark, vendo a silhueta de uma jovem mulher, então ela sobe até a janela do telhado, de onde vê Mark tirar a gravata, depois escorregar e cair, depois do que chama de casa cheia de lama e sair, entrar joga uma besta, depois de abrir a porta Rebecca, descobrindo uma vez dentro que Mark está se encontrando com seu grupo de advogados para o qual ele faz figura de tolo, mas Mark aproveita a oportunidade para convidá-la para o jantar de advogados.

Ela estará usando uma cinta que mal deixa respirar, e terá que limpar sua maquiagem quando chegar e ver que seu rosto está muito vermelho.

Na festa Mark apresenta-a a alguns advogados, um dos quais comenta que ele é contra esmolas e diz que esta é uma das tolices que esperava ouvir de um conservador gordo e careca de fora de Londres e da classe média alta a ser ouvido por muitas pessoas que cumprem estes requisitos.

Depois, ao jantar, ela divide uma mesa com um homem amargurado recém divorciado que lhe diz que há pessoas bonitas e bem-sucedidas como Mark e Rebecca, e outras como eles.

Durante o jantar há também um programa de perguntas e respostas, o primeiro dos quais é da faculdade de direito, e o seguinte da cultura geral, sobre o vestido de casamento da Lady Di ou sobre uma série de TV que ela responde, deixando para a final apenas duas mesas, embora a pergunta seguinte, apesar de ser sobre a Madonna, falhe, sendo Rebecca quem ganha o concurso para a sua mesa.

Depois do jantar ela conversa com Mark, a quem ela conta que ele se envergonha dela, se sente deslocado quando ela está com seus colegas, decidindo sair sozinha, embora uma vez lá ela pense que fez algo tolo e decide ligar para Mark ao telefone para pedir desculpas, ligando para alguém à sua porta enquanto fala com a secretária eletrônica, descobrindo que é Mark, que lhe diz que a quer para os jovens que se encontram na porta do bar lá embaixo.

Já reconciliado, Mark propõe ir esquiar juntos, assegurando-lhe que sabe como fazê-lo mesmo que não seja verdade, não sabendo, quando chega o dia, nem sequer sair da cadeira, e acaba por cair e deslizar para trás até cair mesmo à frente de Rebecca, de quem não sabia que estava lá até esse momento, descobrindo que também há o resto dos advogados da sua firma, com quem Mark desce esquiando, deixando-a sozinha lá em cima.

Como ele não sabe esquiar, tenta fazê-lo de lado enquanto começa a pensar que está com Mark há dois meses, pensando naquele momento que tem tido sexo durante todo aquele tempo sem proteção, então ele se perde e começa a deslizar pela encosta sem controle até entrar na pista de slalom, onde ela acelera, confundida com uma participante, que os jornalistas dizem ser uma forte candidata à medalha de bronze, embora ela não pare no final da pista e continue a deslizar para a cidade, acabando por entrar sorrateiramente numa farmácia onde compra um teste de gravidez.

Enquanto espera pelo resultado, Mark chega e espera com entusiasmo por ela, enquanto eles fazem uma especulação sobre o futuro do menino. Mark espera que ele vá, como ele, até Eton, que é repugnante para ela, alegando que ele não mandará seu filho para uma instituição fascista onde lhe enfiam um pau no rabo e não o deixam tirá-lo para o resto de sua vida.

A discussão termina quando eles vêem que o resultado é negativo.

Depois de voltarem para a Inglaterra, eles vão comer na casa dos pais de Bridget, e quando ambos os pais lhes perguntam quando vão se casar ele responde que ainda não é algo em que eles estejam pensando, fazendo Bridget se sentir ofendida, seguindo a discussão quando quando eles chegam em casa o telefone toca e ela ouve uma mensagem de Rebecca perguntando a Mark sobre o jantar naquela noite e dizendo-lhe que ela tinha pensado em vir tomar um drinque, embora ela mesma a rejeite, já que ela mesma aponta que vai estar com Bridget e não seria uma boa idéia.

Bridget pergunta então a Mark se ele está tendo um caso com Rebecca, ressaltando que é melhor cortar o relacionamento deles porque ela acha que ele tem vergonha dela, além de olhar para baixo para todos, incluindo ela por cima do ombro dele, sendo incapaz de fazer algo espontâneo, sendo incapaz de assumir um compromisso sério, sendo incapaz de lhe dar uma resposta quando ele pergunta se ele quer se casar com ela.

Bridget volta à sua solitária vida anterior e gelado de chocolate e pistache até receber um telefonema da mãe no trabalho para ir às compras com ela, anunciando que vai casar com o pai para renovar os votos e que será a dama de honra.

Ela também recebe uma nova oferta de trabalho dentro de sua cadeia para trabalhar com Daniel Cleaver, agora parceiro da cadeia com seu programa “La guía Smooth”, com o qual viaja pelo mundo mostrando os aspectos mais divertidos e divertidos das cidades, esquecendo-se da cultura.

Bridget rejeita categoricamente sua oferta, embora com seu charme ele finalmente consiga convencê-la a aceitar, viajando até a Tailândia, decidindo levar sua amiga Shazza consigo para cuidar dela, embora já no avião deva ser Daniel quem a resgata da classe turística, oferecendo-lhe um lugar na primeira classe.

Bridget está feliz por pensar que finalmente vai fazer um trabalho jornalístico sério, sendo o contraponto, quando fala de espiritualidade a Daniel que fala de massagens.

Shazza e sua nova amiga, Jed, que conheceu no avião, convidam-na para almoçar, descobrindo tarde demais que o que ela pensava serem cogumelos alucinógenos, só para descobri-la pouco depois, vestida no mar, por Daniel.

Ele a convida para almoçar e garante que ela foi “sua melhor foda”, acabando indo até o quarto dele quando batem na porta, descobrindo que ela é uma prostituta em roupa íntima, então Bridget decide sair e não cair nas mãos dele novamente.

Quando o relatório terminar, eles se preparam para voltar, dando a Shazza um amuleto de cobra para guardar para ela, pois não caberia na mala dela.

No caminho para o aeroporto, Bridget assegura a Shazza que tempos melhores a esperam.

Mas uma vez lá, um cão pousa na mala e é imediatamente conduzido por vários policiais que a levam para um quarto onde quebram o amuleto, descobrindo que ela está escondendo drogas, e ela é presa.

Quando um representante do consulado finalmente aparece, ela lhe conta o que aconteceu, embora ele lhe diga que se Jed não for encontrado, ele passará pelo menos 10 anos na cadeia.

Trancada numa cela com dezenas de mulheres tailandesas, Bridget consegue ganhar a amizade das outras graças ao seu wonderbra e ensiná-las a dançar correctamente a canção de Madonna “Like a Virgin”.

Alguns dias depois ela é levada para um quarto onde encontra Mark Darcy, que lhe diz que ele estava na Tailândia sobre um assunto do escritório de Foering e aproveita o fato de que ele descobriu sobre a prisão dela para fazer os preparativos que lhe tinham sido ordenados, mostrando-lhe uma fotografia de Jed para que ela possa dizer-lhe se foi ele quem lhe deu os cogumelos alucinógenos na noite que ela passou com Daniel, assegurando-lhe que ela será libertada em uma semana e quando ela lhe agradece que ele acabou de ser o mensageiro e que a ordem veio de cima.

O que Mark lhe disse está cumprido e ela é de facto libertada, distribuindo primeiro as suas roupas e livros aos seus colegas.

Mark, entretanto, vai ao lugar onde Daniel está gravando um relatório e pergunta se ele viu Bridget no aeroporto cercada por cães e correntes, e o censura por não fazer nada por ela, propondo mais uma vez ir lá fora, brigando novamente até que ele acabe em uma fonte, Daniel então lhe diz que eles não conseguiram dormir juntos, então Mark fica tranqüilo, até que Daniel lhe diz que se ele ama tanto a Bridget deve se casar com ela, para que ele possa dormir com ela novamente, como fez com sua esposa anterior, e Mark retorna para bater nele.

Bridget chega finalmente a Londres, onde seus pais, que não pareciam muito preocupados com sua situação, estão esperando por ela. Quando chega em casa, ela encontra seus amigos esperando por ela, pedindo a Shazza que a perdoe pelo que aconteceu e dizendo a eles que era bom que Mark Darcy agisse.

Mas cudnao Bridget diz-lhe que Mark era apenas um mensageiro, eles dizem-lhe que não é nada disso, porque Shazza ligou para Mark assim que ele chegou a Londres, acordando vários ministros em poucos minutos, conseguindo localizar Jed, que estava no Dubai, um país que não admite extradições, conseguindo que ele, depois de viajar para Dubai para ser extraditado para a Arábia Saudita, um país que admitiu extradições, viajando após a prisão para Banguecoque para garantir a sua liberdade.

A história de seus amigos a faz entender que Mark ainda a ama, então ela decide ir vê-lo em seu apartamento, onde Rebecca o abre, que ela havia esquecido, e lhe diz que espera que Mark e ela sejam muito felizes juntos, para o que ela diz que não quer Mark porque está loucamente apaixonada por outra pessoa, que confessa que está, que gostou dele desde a primeira vez que ele a viu, depois do que ele a beija.

Sabendo que não tem mais concorrência, ela vai à Ordem dos Advogados depois de passar em sua casa para trocar de vestido até conseguir um que seu motorista de táxi goste. Quando chega em frente à porta da Ordem dos Advogados, ela vê dois carros a salpicá-la, deixando-a com dores.

Ao chegar ao escritório de Mark, ela se encontra no meio de um encontro com uma delegação peruana, pedindo desculpas a eles, embora quando o ministro das relações exteriores daquele país lhe pede para se expressar com confiança, ela agradece a ajuda de Mark, confessando que o ama.

Eles saem atrás dele para o corredor onde ele a pede em casamento.

Vemo-los pouco depois, num casamento. A renovação dos votos de seus pais, no final dos quais Bridget pega o buquê que sua mãe jogou, depois de cair no chão por fazer isso, beijando Mark e lembrando que “A felicidade é possível mesmo que você tenha 33 anos e seu traseiro seja como duas bolas de futebol”.

Classificação: 2

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Esta web utiliza cookies propias y de terceros para su correcto funcionamiento y para fines analíticos y para mostrarte publicidad relacionada con sus preferencias en base a un perfil elaborado a partir de tus hábitos de navegación. Al hacer clic en el botón Aceptar, acepta el uso de estas tecnologías y el procesamiento de sus datos para estos propósitos.
Más información
Privacidad