Cate Blanchett fala sobre o vilão de ‘Thor: Ragnarok

O filme ‘Thor: Ragnarok’ da Marvel está começando sua promoção e a atriz Cate Blanchett fala sobre seu personagem. Se você quiser saber todos os detalhes do relatório da Entertainment Weekly não perca as notícias. A atriz ganhadora do Oscar de “Jasmim Azul” em 2013 será Hela. O filme “Thor: Ragnarok” será lançado no dia 27 de outubro.

Aqui está a entrevista da Cate Blanchett.

O que te fez querer fazer parte disto?

Bem, sejamos realistas: como mulher, estas oportunidades não têm surgido com muita frequência e acho que há uma revolução na Marvel. Já vi todos os filmes da franquia Marvel. Especialmente sendo a mãe de quatro filhos. Eu também estava ansioso para trabalhar com Taika Waititi (diretor).

Como é que te venderam o projecto?
Bem, eu tinha visto o filme “O que fazemos nas sombras e a caça ao povo selvagem” deles. Então eu estava tentando colocar na minha cabeça o estilo do diretor e o que existia anteriormente na franquia Thor. Porque eu pensei que podia fazer algo diferente. Eles obviamente queriam fazer algo fresco e diferente, o que é sempre emocionante.

Como foi trabalhar com Taika?

Ele é uma espécie de lutador de sumo misturado com uma showgirl. Ele é tão ágil e irreverente. Ele leva o trabalho a sério, mas não se leva a sério. Então há música no cenário o tempo todo.

Hela é o primeiro vilão Marvel que vimos no cinema.

És a primeira vilã feminina do Thor. Isso fazia parte do encanto?
Dá para acreditar? Acredita que estamos a ter esta conversa? E estamos em 2017. Estamos a falar da primeira vilã fêmea. Isso é ridículo. Há tanta maldade potencial inexplorada nas mulheres. É realmente emocionante. Acho que você finalmente está começando a reconhecer que mulheres e homens querem ver uma diversidade de personagens, que é raça e gênero em todo o espectro sexual.

Já leste banda desenhada e viste as versões antigas do Hela?
Ah, sim. Quero dizer, tens de conhecer a história da personagem. E há tantas iterações da história da origem. Para qualquer uma destas personagens, nunca há uma história de origem. Mas sim, foi muito interessante. A maior parte do tempo foi mascarado. Então foi sobre isso que eu realmente falei com a equipe Marvel e Taika. É quando escolhemos as peças quando ela está mascarada e quando ela não usaria a máscara.

A máscara é mais do que apenas um adereço?
Sim. Ela é capaz de manifestar armas. A máscara dela pode ser uma arma. Ela pode manifestar armas em diferentes partes do seu corpo. Não te vou dizer qual, porque vou deixá-lo lá.

Pode dizer-se que a Cate Blanchett se divertiu muito no cenário.

Hela entra e toma o controle de Asgard longe de Loki, certo?

Bem, Asgard é tão bom. Só é preciso um pensamento um pouco desagradável e és considerado mau. Toda a gente é demasiado perfeita. Porque não estragar tudo? É fácil ser o mau da fita, como quando eu estava atirando na Cinderela, a madrasta é má, mas interessante. Espero que as pessoas estejam satisfeitas com a Hela.

Você tem alguma cena de luta?
Há algumas cenas. Desde que eu trabalhei com a lenda Zoe Bell (Grindhouse). Eu fiz tudo o que era humanamente possível para uma mãe de meia-idade de quatro [risos]. Eu aprendi muito. Todos os tipos de capoeira. Todas as acrobacias e as lutas foram muito interessantes. Mas eu treinei, aparentemente, por isso agora sou mais perigoso.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Esta web utiliza cookies propias y de terceros para su correcto funcionamiento y para fines analíticos y para mostrarte publicidad relacionada con sus preferencias en base a un perfil elaborado a partir de tus hábitos de navegación. Al hacer clic en el botón Aceptar, acepta el uso de estas tecnologías y el procesamiento de sus datos para estos propósitos.
Más información
Privacidad