DiDi Hollywood (2010) por Bigas Luna

DiDi HollywoodSpain

(2010) *

Duração: 102 min.

Música: Lluis Lu

Fotografia: Albert Pascual

Roteiro: Bigas Luna e Carmen Chaves Gastaldo

Diretor: Juan José Bigas Luna

Artistas: Elsa Pataky (Diana Díaz), Peter Coyote (Michael McLean), Paul Sculfor (Steve Richards), Giovanna Zacarías (Nora), Luis Hacha (Robert), Flora Martínez (María), Jean Marie Juan (David), Leonardo García (Aldo), Ben Temple (Richard Low), Ana Soriano (mãe de Diana), Lluís Lu (Joel), Marcos Campos (Sr. Sushi).

Depois de algum tempo trabalhando como garçonete em uma discoteca, Diana Díaz decide que chegou a hora de retomar seu sonho de se tornar atriz.

Ela decide ir para Miami, onde irá a muitos castings até que, depois de ficar sem dinheiro, é expulsa do seu apartamento.

Nora, uma menina que a vê chorar, oferece-se para a ajudar, arranjando um emprego para lavar pratos num restaurante cubano, vivendo com ela entretanto, até serem despedidos quando espancaram um dos seus colegas que estava a tentar gozar com Nora.

Entretanto, em uma de suas desastrosas provas, ela conhece Robert, um assistente de direção e aspirante a diretor, com quem iniciará um caso, e com quem ela e Nora irão para Los Angeles quando ele viajar para lá para um trabalho.

Uma amiga de Robert já a envia para um casting, conseguindo seu primeiro papel em uma série, embora seja muito difícil para ela, e eles têm que repetir seus takes muitas vezes.

Seu parceiro, Aldo, a ajuda e lhe mostra seu desejo de dormir com ela, e embora Diana o rejeite, ela não o fará da próxima vez que Aldo tentar, o que deixa Robert com raiva quando ele é enganado e lhe pede para sair de sua casa.

Apesar de sua tristeza, Nora tenta convencê-la a não se deixar abater, então ela sai à procura de um agente, começando a trabalhar com alguém que lhe diz que ela tem que ser capaz de fazer qualquer coisa para ter sucesso.

E a primeira coisa que ela terá que fazer é dormir com um homem com gostos sexuais especiais, porque ele joga champanhe nas costas dela que ela então lambe, por outro tempo ela o envolve em celofane, e embora seja desagradável servirá para chegar a estrela em um anúncio para sua bebida, que outros seguirão, começando a ser convidada para festas.

E em um deles ela conhece Michael McLean, um representante de estrelas que primeiro vai mudar seu nome de Diana Diaz para DiDi.

Depois ele a terá durante o jantar com Steve Richards, a quem Michael aconselha a seduzir Diana para melhor vender o filme, e assim silenciar os rumores sobre sua sexualidade, que começam a ser comuns na imprensa.

De vez em quando ela chama sua amiga Maria, que continua a servir à mesa no clube, mesmo que seu namorado, David, a esteja traindo com outra mulher.

Um dia, Diana volta mais cedo para casa e quando chega, encontra Steve com outro homem.

Ela pensa em voltar para Espanha, mas o Michael, o manager dela, não a deixa.

Depois de terminar o filme, toda a equipe viajará para Valência em um jato particular para promover seu filme entre a expectativa de toda a imprensa. Sua amiga Maria também vai vê-lo com David, embora ela tenha que assistir a todos os meios de comunicação e não possa vê-los, embora ela os instale em uma suíte onde eles bebem até ficarem bêbados, então quando saem, começam a discutir e ela sofre um acidente e acaba morrendo.

A morte da amiga choca-a, mas ela deve parecer glamorosa para o público na estreia.

Ela finalmente alcançou o seu objectivo, mas não está feliz.

Classificação: 1

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Esta web utiliza cookies propias y de terceros para su correcto funcionamiento y para fines analíticos y para mostrarte publicidad relacionada con sus preferencias en base a un perfil elaborado a partir de tus hábitos de navegación. Al hacer clic en el botón Aceptar, acepta el uso de estas tecnologías y el procesamiento de sus datos para estos propósitos.
Más información
Privacidad