Dos mulas y una mujer (1969) por Don Siegel (Duas mulas para a irmã Sara)

Duas mulas e uma mulherDuas

mulas para a irmã Sara (1969) * EUA / México

Também conhecido como:
– “Two Mules for Sister Sara” (América Espanhola)

Duração: 105 Min.

Música: Ennio Morricone

Fotografia: Gabriel Figueroa

Roteiro: Budd Boetticher, Albert Maltz

Endereço: Donald Siegel

Artistas: Shirley MacLaine (Sara), Clint Eastwood (Hogan), Manuel Fábregas (Coronel Beltrán), Alberto Morin (General LeClaire), Armando Silvestre (Primeiro Americano), John Kelly (Segundo Americano), Enrique Lucero (Terceiro Americano), David Estuardo (Juan), Ada Carrasco (Mãe de Juan), Pancho Córdova (Pai de Juan), José Chávez (Horacio)

Hogan é um texano que teve que deixar seu país após a guerra civil e refugiar-se no México, onde sobrevive como mercenário a serviço dos juaristas e contra Maximiliano e os franceses que o apóiam.

Durante uma de suas viagens, ele descobre um grupo de ladrões prestes a estuprar uma freira. Hogan vai acabar com eles e acompanhá-la em sua jornada, tendo que protegê-la, assim como os franceses, que também a procuram por ter acabado com um oficial.

Ele descobrirá que ela pode ser-lhe muito útil, pois ela tem um conhecimento muito profundo do forte francês em Chihuahua que ele pretende destruir, pois, segundo ele, o seu convento estava ao seu lado.

Durante a viagem eles têm a oportunidade de ver as brutalidades dos franceses, e assim, quando aprendem que os franceses vão iniciar um comboio carregado de comida e munições, decidem adiar a sua viagem para evitar que o conteúdo do comboio chegue ao destacamento francês, fazendo o comboio voar quando chega a uma ponte.

Mas enquanto se preparam para esta missão, terão um contratempo quando forem atacados por índios que estão espetando uma flecha em Hogan perto do coração. A Irmã Sara vai afastá-los com a sua cruz antes de terminarem a sua tarefa. Depois disso ela deve tirar a seta de Hogan e deve ser ela quem, por causa de seu estado precário, sobe até a ponte e coloca a dinamite que ele conseguirá explodir em seu segundo tiro.

Quando finalmente conseguem contatar o Coronel Beltrán Juarista, descobrem que ele tem menos tropas do que esperavam para seu ataque ao forte, e sem dinamite.

Terá de ser o próprio Hogan a recebê-lo no Texas com as jóias que a Sara consegue recolher.

Depois disso, vão para o convento ao lado do acampamento francês, de onde esperam atacar, aproveitando o feriado de 14 de julho, o feriado nacional francês, quando pensam que os soldados estarão bêbados.

Quando chegam à residência do antigo bispo Hogan descobre que “irmã” Sara nada mais é do que uma prostituta, muito procurada pelos franceses depois de matar um oficial.

Sara será a isca para realizar seu plano quando descobrirem que os franceses não estão tão bêbados quanto esperavam por causa dos ataques.

Hogan será o único a entregá-la em troca de uma recompensa. E uma vez dentro do quartel ele vai acabar com o general e os oficiais depois de ver um grupo de mulheres explodir a porta do forte depois de colocar uma piñata carregada de dinamite ao seu lado.

Hogan abrirá um alçapão pelo qual alguns dos Juaristas, e os prisioneiros dos franceses, entrarão sorrateiramente, enquanto outros atacarão do telhado da igreja.

A surpresa faz com que os franceses, que são em número superior, não consigam lidar com os mexicanos que conseguem se apoderar do forte e do cofre.

Depois de alcançar seu objetivo Hogan continua em seu caminho, seguido novamente por Sara, agora sem seus hábitos, e carregado de malas.

Classificação: 3

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Esta web utiliza cookies propias y de terceros para su correcto funcionamiento y para fines analíticos y para mostrarte publicidad relacionada con sus preferencias en base a un perfil elaborado a partir de tus hábitos de navegación. Al hacer clic en el botón Aceptar, acepta el uso de estas tecnologías y el procesamiento de sus datos para estos propósitos.
Más información
Privacidad