El mal ajeno (2009) por Óskar Santos

O mal dos outrosEspanha

(2009) *

Duração: 107 min.

Música: Fernando Velázquez

Fotografia: Josu Incháustegui

Roteiro: Daniel Sánchez Arévalo

Endereço:Óskar Santos

Artistas: Eduardo Noriega (Diego Sanz), Belén Rueda (Isabel), Angie Cepeda (Sara), Cristina Plazas (Pilar), Clara Lago (Ainhoa), Marcel Borrás (Juanjo), Carlos Leal (Armand), Luis Callejo (Carlos), José Ángel Egido (Vicente), Chema Ruiz (Héctor), Dritan Biba (Tarik), Raúl Fernández (Martín), Concha Hidalgo (Brígida).

Diego, um médico da unidade da dor de um hospital, foi imunizado contra a dor dos outros, tendo transferido involuntariamente esta frieza e distância para a sua própria família.

Um dia, Sara, uma de suas pacientes terminais e que estava grávida, é internada no hospital após tentativa de suicídio, e não há esperança para ela.

Apesar disso, Armand é abordado por seu marido no estacionamento e solicitado para cuidar pessoalmente de Sara, após o que ele atira nele antes de cometer suicídio, embora, surpreendentemente e apesar de sangrento, nenhum ferimento seja encontrado.

Ele retorna ao trabalho depois da experiência traumática e decide terminar a relação com Pilar, sua esposa, que também trabalha no hospital, saindo com seu pai.

Uma mulher aparece no hospital, Isabel, que diz ser a esposa de Armand, e que desconhecia a vida dupla de Armand, descobrindo com a ajuda de Diego que Sara estava morando em uma casa que seu marido havia colocado em nome de Isabel.

Ela lhe diz que sofreu muito por não poder engravidar, o que em certa ocasião levou a uma discussão que terminou em atropelamento de uma garota.

Depois de fugir, o remorso levou Armand a procurar a família do falecido, encontrando-se assim com Sara, sua irmã, com quem ele iniciou um relacionamento.

E de repente Diego começa a perceber que depois do “acidente” acontecem-lhe coisas perturbadoras porque repara como Sara começa a recuperar, da mesma forma que o feto, que apresentou malformações, o mesmo acontece com Carlos, outro dos seus pacientes, que repara como melhora quando o toca, entendendo que tem um dom que lhe permite fazer com que as pessoas sem esperança se recuperem milagrosamente só de ser tocado, apesar de não poder evitar a morte do seu pai depois de uma doença rápida.

Sua filha Ainhoa, que vai ao hospital por uma infecção devido a um piercing no clítoris e que se descobre ter uma doença venérea, também ficará doente, o que os leva a descobrir que sua filha está saindo com Juanjo, seu residente.

Um dia Carlos vai até ele, já dispensado, para pedir-lhe que salve sua esposa, a quem ele agrediu, tentando se matar para forçá-lo. Embora ele prefira deixá-lo morrer.

Em breve ele verá que pode curar qualquer paciente com uma doença irreversível, excepto a sua filha, que é diagnosticada com uma doença incurável.

Ele acha que Sara tem a chave do que está acontecendo e decide falar com ela, que lhe diz que ela já teve outra doença incurável no passado, e então sua irmã, que tinha o dom de poder curar outras pessoas, quando ela percebeu que não podia fazer nada por ela, decidiu cometer suicídio atirando-se para a frente de um carro.

Quando sua doença desapareceu, ela entendeu que Armand havia terminado com sua irmã, apesar do que ela continuou com ele se dedicando a viajar para curar pessoas, até que, após algum tempo, ela desenvolveu a doença pela qual foi tratada por Diego, decidindo salvá-la, sacrificando-se e transferindo seus poderes para Diego.

Ele revoltou-se. Ele não quer perder sua filha e sua esposa, que também está começando a ficar doente, então ele decide acabar com a vida dela transferindo seus poderes para a própria Sara, que sabe como usá-los melhor do que ele.

E Sara aceita, rompendo todos os laços ao dar seu filho a Isabel, e indo ao hospital onde tocará Ainhoa e Pilar para salvá-las.

Classificação: 3

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Esta web utiliza cookies propias y de terceros para su correcto funcionamiento y para fines analíticos y para mostrarte publicidad relacionada con sus preferencias en base a un perfil elaborado a partir de tus hábitos de navegación. Al hacer clic en el botón Aceptar, acepta el uso de estas tecnologías y el procesamiento de sus datos para estos propósitos.
Más información
Privacidad