Emma Watson numa nova versão de ‘A Bela e a Fera’, produzida por Guillermo del Toro

Emma Watson e Guillermo del Toro juntos numa nova versão de “A Bela e a Besta”… hmmm, demasiado forte a tentação de dizer que ela será a beleza e ele a besta. Mas nada disso. Embora a atriz, que recentemente terminou a saga de Harry Potter, interpretará a personagem principal da bela jovem, Guillermo del Toro seria, neste caso, apenas o produtor.

Neste momento, não houve nenhuma confirmação oficial desta notícia. A produtora de ‘Crazy, Stupid, Love’, Denise Di Novi, durante uma apresentação deste filme, que estrelou Steve Carell, comentou que ela fazia parte deste projeto. Mas ela não revelou quem iria dirigir o filme ou falar sobre o resto do elenco. Sabemos que del Toro está envolvido em muitas produções e não é raro ele estar envolvido em filmes que mais tarde desconsidera, por isso não há certeza de que ele terminará esta adaptação.

Uma nova versão de “A Bela e a Besta”? Como está, não estou muito interessado nisso. Eles teriam que nos contar sobre uma abordagem muito nova do conto tradicional, que tem tantas versões e remonta a tantos séculos, que poderia ser contada quase de qualquer forma e com quase qualquer mensagem ou conclusão. Talvez o envolvimento de Del Toro o leve a um território alternativo, dando-lhe um tom mais sombrio e aterrador do que ele tem tido até agora.

Recentemente colocaram na televisão “A beleza e a fera” que fez a Disney em 1991, e devo dizer que a crítica, todos estes anos depois, não fez nenhum favor, porque o filme, além de sofrer o imenso kitsch que já lhe atribuímos, sofre de uma pobreza de produção que no ano do seu lançamento não apreciámos, mas que, em comparação com os filmes de animação actuais, se torna muito evidente. Seu desenvolvimento de trama também é raquítico, pois se desdobra em poucas, mas amplas cenas sem deixar espaço para muita progressão. Quanto à forma de lidar com isso e à conclusão que mencionei no parágrafo anterior, preferiria sempre que outra fosse desenhada e abordada com uma visão diferente, embora isso já seja secundário. Entendo que é chocante expressar essa negatividade em relação a um filme que era tão conhecido na época de seu lançamento, mas eu mesmo fiquei surpreso de encontrá-lo assim quando me deparei com ele em sua transmissão televisiva.

Via | ComingSoon.net

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Esta web utiliza cookies propias y de terceros para su correcto funcionamiento y para fines analíticos y para mostrarte publicidad relacionada con sus preferencias en base a un perfil elaborado a partir de tus hábitos de navegación. Al hacer clic en el botón Aceptar, acepta el uso de estas tecnologías y el procesamiento de sus datos para estos propósitos.
Más información
Privacidad