Esta foi a ASTRA COLÔMBIA 2016

O evento, que contou com a presença de centenas de pessoas e teve lugar no último fim-de-semana na cidade de Barranquilla, Colômbia, foi um grande sucesso. Aqui está um pouco do que foi a ASTRA COLÔMBIA 2016.

Como podem ver, o dia 0 (26 de Agosto) foi um momento de integração e adaptação para os concorrentes, em que se encontraram, forjaram alianças e tiveram a oportunidade de aprender mais sobre a técnica dos seus adversários, muitos até; tentando estudar as tácticas do nOne, o favorito do evento.

Nos dias 1 e 2 (27 e 28 de agosto, respectivamente) vimos um jogo muito maior no Super Smash Bros se tornar um jogo muito importante, mas não mais o único, esses dias também destacaram FIFA 16, Mortal Kombat X e Yugi OH. Essa diversidade também deu lugar a uma globalização de públicos, que se evidenciou ao ver adolescentes, jovens adultos, casais e até famílias inteiras se divertindo com uma das formas mais famosas de entretenimento do mundo, os videogames.

Também tivemos o prazer de entrevistar alguns dos melhores jogadores da América Latina, entre eles Aisengobay (Luis Bonazzio) do Brasil, Da Brezz, do Peru e nOne (Edgar Sheleby), que nos disseram que o Chile, o Peru e a Venezuela foram ótimos, porque ele tinha jogadores muito avançados e eles tinham que ter cuidado com as técnicas que trouxeram, por outro lado ele disse “estou feliz porque as pessoas gostam de mim para estar aqui, por isso funciona nos dois sentidos” ele também revelou o seu foco de concentração e também as percentagens nas quais ele baseia o seu desempenho: “Há 80% de execução mental e 20% de execução.”

Também conversamos com jogadores locais como Suzu, da equipe Thunderstorm, de Bogotá, que também expressou a emoção de estar presente nesta grande partida dos gigantes do Smash.

É necessário dizer que foi realizado um torneio nacional colombiano por regiões e vários torneios internacionais (no que diz respeito ao Super Smash Bros.). Nos primeiros, destacaram-se equipas do Cucutá como a CPG e outras do resto do país.

Finalmente, vale a pena mencionar a participação das lojas que colocaram suas vitrines e conseguiram muitos clientes, que não só apreciaram o jogo, mas também a Mercadoria do Jogador que lhes foi oferecida, em que botões, malas, camisetas, figuras e cartões para o jogo brilharam. O evento não foi apenas uma competição, mas uma mistura cultural espectacular, onde todos os participantes participaram e provaram ser dignos de ter estado na ASTRA 2016.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Esta web utiliza cookies propias y de terceros para su correcto funcionamiento y para fines analíticos y para mostrarte publicidad relacionada con sus preferencias en base a un perfil elaborado a partir de tus hábitos de navegación. Al hacer clic en el botón Aceptar, acepta el uso de estas tecnologías y el procesamiento de sus datos para estos propósitos.
Más información
Privacidad