Foi assim que o Stanley Kubrick influenciou negativamente os filmes Matrix.

O lendário diretor de cinema Stanley Kubrick morreu em 7 de março de 1999, e só agora que se revela que ele fez com que as filmagens das seqüelas de Matrix fossem miseráveis. Como ninguém sabe exatamente por que não atingiram o mesmo nível de qualidade do filme original.

No momento de seu lançamento, o Matrix impactou os telespectadores ao redor do mundo. Combinando perfeitamente ação e ficção científica em um filme tremendamente deslumbrante que revolucionou a forma como os dois gêneros poderiam trabalhar juntos na tela e abriu novos caminhos para a exploração. Infelizmente, as sequelas não acabaram por ser tão espectaculares como se esperava. Os dois filmes foram rodados juntos em até 276 dias de produção. O diretor de fotografia Bill Pope foi alguém que não só sentiu a pressão de fotografar duas sequelas de um sucesso de bilheteria, mas também odiou cada segundo.

Em uma entrevista recente, Bill Pope compartilhou sua opinião sobre o processo de “entorpecer a mente e a alma”, que se tornou a norma na elaboração das duas sequelas.

Além disso, o veterano diretor de fotografia, que não está envolvido na quarta parte de A Matriz, também culpou um dos maiores cineastas de todos os tempos, Stanley Kubrick. Ele citou a influência que um livro teve sobre as irmãs Wachowski, já que elas ficaram obcecadas em refazer tiros uma e outra vez, até que todo o processo se tornou muito difícil de suportar:

“Tudo o que foi bom na primeira experiência com a Matrix, não foi bom nas duas últimas. Nós já não éramos livres. As pessoas estavam a olhar para ti. Havia muita pressão. No meu coração, eu não gostava deles. Eu senti que devíamos ir noutra direcção. Havia muita fricção e muitos problemas pessoais e, para ser honesto, isso se mostrou na tela. Não foi o meu momento mais alto, nem o de mais ninguém. Os Wachowskis tinham lido este maldito livro de Stanley Kubrick que dizia: “Os actores não actuam naturalmente até estarem exaustos.” Então vamos filmar 90 takes! Quero desenterrar o Stanley Kubrick e matá-lo.

É muito injusto culpar o Stanley Kubrick pela desclassificação das sequelas da Matrix. Se as irmãs Wachowski fossem um grande sucesso, elas teriam que imitar as condições de filmagem da primeira prestação. Houve também muitas críticas aos muitos efeitos especiais que foram utilizados em vez de tornar a história mais importante. Algo com o qual o lendário Stanley Kubrick provavelmente concordaria.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Esta web utiliza cookies propias y de terceros para su correcto funcionamiento y para fines analíticos y para mostrarte publicidad relacionada con sus preferencias en base a un perfil elaborado a partir de tus hábitos de navegación. Al hacer clic en el botón Aceptar, acepta el uso de estas tecnologías y el procesamiento de sus datos para estos propósitos.
Más información
Privacidad