Guerra das Estrelas: a ascensão do Skywalker em comparação com a COVID-19

Star WarsFor Cinemascomics2020-03-31202020-03-31ShareDana

Schwartz, roteirista da série Disney + da Marvel Studios, She-Hulk, gerou uma enorme controvérsia ao brincar sobre a pandemia do coronavírus (COVID-19) e compará-la com Star Wars: The Rise of Skywalker

.

“A COVID-19 será como a Skywalker Ascent”, Schwartz tweeted. “É um pesadelo. Vai ser uma luta. Mas depois vamos sair pelo outro lado e fingir que isso nunca aconteceu. Além disso, não conseguiremos compreender completamente o que aconteceu sem ler uma tonelada de literatura extra. Uma referência clara aos romances e histórias em quadrinhos publicados para preencher os buracos do roteiro que não só servem para entender o filme de J.J. Abrams e a nova trilogia de sequelas da saga original.

O tweet já foi retirado da conta do roteirista, mas as respostas ainda permanecem, algumas delas achando engraçado o comentário de Schwartz, enquanto muitas outras foram ofendidas e criticadas severamente porque uma pandemia global estava sendo comparada a um filme da Guerra das Estrelas. Não sabemos se este tweet trará consequências para o argumentista, já que a Disney não acha este tipo de piada muito engraçada, e muito menos se o filme referido é propriedade da empresa.

No momento da publicação desta notícia, há mais de 789.236 casos confirmados de coronavírus em todo o mundo e mais de 38.000 mortes. A Espanha, país de onde publicamos cinemascomics.com, já superou a China no número de mortes, com 8.189 mortes e mais de 94.000 casos.

Dirigido e co-escrito por J.J. Abrams, Star Wars: The Skywalk Ascent stars Daisy Ridley, Adam Driver, John Boyega, Oscar Isaac, Lupita Nyong’o, Domhnall Gleeson, Kelly Marie Tran, Joonas Suotamo, Billie Lourd, Keri Russell, Anthony Daniels, Mark Hamill, Billy Dee Williams e Carrie Fisher, com Naomi Ackie e Richard E. Grant. O filme está agora disponível em HD digital, Blu-ray e 4K UHD.

HulkaMarvel StudiosStar WarsSharePublicação anteriorPublicação seguinte Como sempre me senti atraído pelo desenho, pelos quadrinhos e sobretudo pelos filmes, este hobby é o culpado de “Star Wars: Episode IV”, fiquei fascinado com o grande número de naves que nele apareciam e com o mundo inteiro criado por George Lucas, a cena da nave Corellia sendo perseguida por um cruzador imperial que avançou até encher a tela foi chocante. A música de John Williams era cativante e fácil de lembrar, e nessa altura já me lembro das minhas colecções de autocolantes e das bonecas da saga. Outra grande influência foram os quadrinhos, em particular as edições do Vértice do Homem-Aranha, The X Patrol, The Avengers, The Fantastic Four, com os quais aprendi a desenhar copiando os desenhos animados de John Romita Sr. e Jack Kirby. Então não foi surpreendente que eu acabasse estudando na escola de artes de Zaragoza.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Esta web utiliza cookies propias y de terceros para su correcto funcionamiento y para fines analíticos y para mostrarte publicidad relacionada con sus preferencias en base a un perfil elaborado a partir de tus hábitos de navegación. Al hacer clic en el botón Aceptar, acepta el uso de estas tecnologías y el procesamiento de sus datos para estos propósitos.
Más información
Privacidad