Lobos de Arga(2011) por Juan Martínez Moreno

Wolves of ArgaSpain

(2011) *

Duração: 97 min.

Música: Sergio Moure

Fotografia: Carlos Ferro

Roteiro e Direção: Juan Martínez Moreno

Artistas: Gorka Otxoa (Tomás Mariño), Carlos Areces (Calisto), Secun de la Rosa (Mario), Luis Zahera (Sargento), Mabel Rivera (Rosa), Manuel Manquiña (Evaristo), Marcos Ruiz (Diego).

1910. A Marquesa de Arga, desejando ter a descendência que nem seu marido nem seus amantes poderiam lhe dar, decidiu experimentar com um membro de um circo romeno que ela forçou a dormir com ela, matando-o mais tarde e a todos os membros do circo para que não contassem a história, embora, antes de morrer, a esposa do homem que a deixou em estado lançou uma maldição pela qual, no décimo aniversário de seu filho, a maldição cairia sobre ele.

Tomás Mariño, que nasceu na pazo e lá passou os primeiros 15 anos, volta à cidade onde será feito filho favorito e onde espera escrever um segundo livro.

Lá ele se encontra novamente com Calisto, seu melhor amigo de infância, e um dos poucos jovens ainda na aldeia, que partem todos para ir à cidade.

Ele também vai conhecer o seu tio Evaristo, o prefeito da cidade, que o chamou.

E pouco antes da homenagem, ele recebe a visita de Mario, seu editor, e de um canalha que logo confessa que ele foi lá para que a corte não o encontre.

Todos os aldeões aparecem e amarram-no a ele e ao Mário às cruzes, atirando-os para uma vala, que atravessam com uma tocha até encontrarem um monstro debaixo de um cobertor improvisado com sacos, que começa a persegui-los.

Entretanto Calisto, guiado por Vito, o cão do Tomás tenta encontrá-lo, cavando junto ao poço indicado por ele e conseguindo resgatá-los, quando uma pedra tumular cai sobre a besta.

Eles se escondem atrás dela na casa de Calisto que explica a lenda e lhes diz que esta dizia que a maldição acabaria se aos 100 anos a besta tomasse o sangue de um macho do Mariño, razão pela qual eles o convocaram. E se isso não acontecer, uma maldição pior virá.

Quando os aldeões descobrem a fuga, após a morte de vários vizinhos, vão à procura de Calisto que suspeitam poder tê-los ajudado e forçam-no a ir com eles naquela noite e entrar na passagem para terminar com a besta, embora ele só encontre uma criança.

Ele vai escondê-lo como Mario e Tomás, não podendo matá-lo, embora ele tenha a idéia de dar ao menino o sangue de um Mariño macho: eles vão cortar o dedo mindinho do Tomás, embora inesperadamente o cachorro o coma, então eles devem cortar o segundo.

A aldeia inteira, com Evaristo à cabeça, vai à procura deles para os matar. Mas Calisto diz-lhes que lhe deram o dedo do Tomás e eles decidem esperar até a lua nascer, verificando que ela não se transforma em lobo, apesar disso decidem terminar com eles para evitar golpes.

E de repente todos os habitantes da aldeia são transformados em lobos, pelo que devem fugir, salvando-se graças à chegada da avó de Tomás com o seu carro.

Mais tarde chega a guarda civil, chamada pela avó, sem saber o que vão encontrar, descobrindo vários lycans mortos. Eles logo acabam com o mais novo, com o segundo optando por simular seu suicídio, o que o salvará e o ajudará a salvar os assediados.

Os lobos vêm a qualquer esconderijo, por isso acabam por se esconder na igreja, embora os lobos venham até eles tendo de os combater e a avó moribunda.

Eles encontram uma passagem e fogem, fazendo Thomas explodir a igreja com todos os animais lá dentro depois de encontrar cartuchos da guerra civil.

Mario perde um braço antes de Tomás acabar com o último lobisomem.

Uma vez salvos, Tomás amarra Calisto e Mário acorrentados, com medo de se tornarem licantropos, mesmo que ambos tenham tentado o dedo de Tomás, vendo como é ele que se transforma em lobo sem que ninguém se consiga salvar da sua ira.

Classificação: 3

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Esta web utiliza cookies propias y de terceros para su correcto funcionamiento y para fines analíticos y para mostrarte publicidad relacionada con sus preferencias en base a un perfil elaborado a partir de tus hábitos de navegación. Al hacer clic en el botón Aceptar, acepta el uso de estas tecnologías y el procesamiento de sus datos para estos propósitos.
Más información
Privacidad