Madness of Love (1948) de Juan de Orduña

Love MadnessSpain

(1948

)

Duração: 111 min.

Música: Juan Quintero

Fotografia: José Fernández Aguayo

Roteiro: Alfredo Echegaray, Carlos Blanco, José María Pemán (Obra: Manuel Tamayo y Baus)

Endereço: Juan de Orduña

Artistas: Aurora Bautista (Doña Juana), Fernando Rey (Felipe el Hermoso), Sara Montiel (Aldara), Jorge Mistral (Capitán Don Alvar), Jesús Tordesillas (Don Filiberto de Vere), Juan Espantaleón (Almirante), Manuel Luna, Ricardo Acero (Don Carlos), María Cañete (Doña Elvira), Manuel Arbó (Marlian), Conrado San Martín (Hernán)

1508. Na sua chegada a Espanha, o Imperador Carlos V visita a sua mãe, que há muito está confinada a Tordesilhas devido ao seu estado de espírito. A visão do Velo de Ouro no peito do Senhor de Chievres lembra-lhe o intrigante Don Filiberto, que encobriu os amores adúlteros do marido e teve um ataque de loucura diante do seu filho.

O Capitão Alvar contará então ao imperador a história de Dona Juana, desde o momento em que ela surpreende seu marido em seu alojamento de caça no meio de uma festa e corteja uma senhora no momento em que ela estava prestes a comunicar a notícia da morte de sua mãe, acrescentando a essa dor a de traição.

Já em Castela, Filipe ainda é infiel. E visita frequentemente, na estalagem de Toledado, Beatriz, o nome sob o qual Aldara se esconde, a princesa moura, filha do rei Zagal, desejosa de vingança e de conquistar o capitão Alvar de Estúñiga, a quem seguiu desde Itália. E quem vai conseguir uma posição como dama da rainha graças ao adúltero Don Felipe.

E enquanto Felipe se dedica a conquistar outras mulheres, o seu homem de confiança, Filiberto de Were tece, apoiado pela nobreza castelhana ansiosa por prosperar, uma intriga para incapacitar a rainha e proclamar Felipe rei.

Na véspera da sessão em que as quadras devem declará-lo rei, Felipe joga bola com o Marquês de Villena e bebe água muito fria.

Uma carta escrita por Aldara ao rei chega às mãos da rainha que, cega pelo ciúme, faz com que todas as damas escrevam algumas palavras para descobrir o traidor, sem se importar que o almirante e os homens que lhe são fiéis testemunhem tal cena de ciúmes quando vão tratar de assuntos sérios de Estado.

A rainha só aceitará ir à corte devido à insistência do capitão Alvar de Estúñiga, que está secretamente apaixonado por ela. Mas sua presença será contraproducente, já que ela aparece diante de todos como louca quando apresenta como prova da infidelidade de seu marido um pedaço de papel em branco que ela acreditava ser a carta de Aldara, habilmente subtraída pelo senhor de Were.

Alvar vai confrontá-lo, embora seja Aldara quem vai terminar com o traidor para salvar sua amada, mesmo sabendo que o dela é um amor impossível.

No final da sessão Felipe se sente mal devido a um corte na digestão. A rainha cuidará dele com amor até a sua morte, que para ela é apenas um episódio de sono, por isso ela se recusará a enterrá-lo e passeará seu corpo por Castela tentando levá-lo para Granada, onde nunca chegariam.

Classificação: 2

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Esta web utiliza cookies propias y de terceros para su correcto funcionamiento y para fines analíticos y para mostrarte publicidad relacionada con sus preferencias en base a un perfil elaborado a partir de tus hábitos de navegación. Al hacer clic en el botón Aceptar, acepta el uso de estas tecnologías y el procesamiento de sus datos para estos propósitos.
Más información
Privacidad