Nudes de Maitê Proença em “Liberdade Liberdade” eram fakes – Coisas De TV

Se tem uma coisa que parece ter se tornado moda na programação norturna da Globo é o nude de atores famosos. Desde a aparição da bunda de Paolla Oliveira em “Felizes Para Sempre?” que sempre tem um bumbum pra parar o país em diferentes minisséries e/ou novelas das onze. Se em “Felizes Para Sempre?” foi a da Paolla, em “Verdades Secretas” tivemos a de Rodrigo Lombardi:

01

E agora, quem mandou nudes pra TV foi ela, Maitê Proença. Se você, assim como nós, às vezes acaba indo dormir antes de começar “Liberdade, Liberdade” a gente explica. Na segunda-feira (02) foi ao ar uma cena em que a personagem interpretada por Maitê, Dionísia, aparece mostrando nudes de costas pra que fosse possível ver as cicatrizes que a mulher tem pelo corpo, por apanhar de seu marido.

A aparição do bumbum de Maitê, assim como a aparição das outras bundas que ficaram famosas nas outras novelas, causou furor na internet e a galera do Twitter elogiou bastante a boa forma da atriz. Acontece que, longe de nós aqui do Coisas de TV ser fiscal da bunda de alguém, mas o nude que apareceu não era de Maitê.

Como sabemos disso? Claro que não é porque tivemos acesso ao bumbum verdadeiro de Maitê e nem somos jurados de miss bumbum nenhum, mas é que a verdadeira dona do corpo que apareceu desnudo na novela acabou contando a verdade em seu Facebook. Juliana Scalco, a dublê de corpo de Maitê na novela, postou a cena da novela no feice dizendo que o rosto da cena é de Maitê mas o corpo (e o bumbum!) são dela:

https://www.facebook.com/plugins/post.php?href=https%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2Fscalcojuliana%2Fposts%2F1149404685090178&width=500

Finado o mistério, as únicas bundas de atores que pararam o Brasil seguem sendo a de Rodrigo Lombardi e a de Paolla Oliveira. A de Maitê era fake e tem outra dona. Pensando pelo lado bom, mesmo fake, o assunto deu alguma repercussão pra essa novela que anda bem esquecidinha na imprensa como bem comentou o Fábio em um texto mais cedo. Melhor seria que fosse pela qualidade da trama (que, diga-se de passagem, não é ruim), mas antes uma bunda do que nada, não é mesmo?

Inclusive, estamos aqui pensando se não seria uma boa estratégia começar a usar dublê de nudes pra quando formos mandar os nossos ou usar essa desculpa quando mandarmos um nude meio capenga. É só dizer: “não fui eu, foi o dublê” e fica tudo certo.

Share this:

Curtir isso:

CurtidaCarregando…

Relacionado

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Esta web utiliza cookies propias y de terceros para su correcto funcionamiento y para fines analíticos y para mostrarte publicidad relacionada con sus preferencias en base a un perfil elaborado a partir de tus hábitos de navegación. Al hacer clic en el botón Aceptar, acepta el uso de estas tecnologías y el procesamiento de sus datos para estos propósitos.
Más información
Privacidad