O futuro de Tom Cruise

O Tom Cruise parece estar a recompor-se. Seus dois últimos filmes se saíram muito bem nas bilheterias e as críticas ao seu trabalho (competente) diluíram os mexericos sobre sua vida privada, algo que o prejudicava diante do público, sempre tão difícil. Mas como digo, a sua breve e hilariante participação no ‘Tropic Thunder’ (um dos melhores desta, na minha opinião, superestimada comédia) e o seu trabalho mais que eficaz à frente do elenco de ‘Valkiria’ (que vocês sabem que eu acho bom e o Alberto acha mau), colocaram-no novamente no mapa e a sua agenda está mais uma vez cheia de projectos.

Então, onde vamos ver o Cruzeiro a seguir? Três títulos que ele tem agora mesmo no seu futuro próximo. O primeiro é ‘O Círculo Matarese’, onde ele dividirá a ribalta com outro peso pesado, Denzel Washington, que poderia ser uma bomba para a bilheteria. O mais interessante, porém, é que David Cronenberg vai dirigir o filme; neste ponto, o diretor canadense deve dar os últimos retoques no roteiro, antes de começar a filmar. O filme adaptaria um romance de Robert Ludlum, sobre um agente americano que deve aliar-se a um rival soviético para pôr fim a um plano que visa derrubar os governos do mundo.

O próximo projeto é ‘O Turista‘, o remake de ‘O Segredo de Anthony Zimmer’ (Jérôme Salle, 2005) que poderia emparelhá-lo com a não menos estelar Charlize Theron. O roteiro está sendo reescrito por Christopher McQuarrie, o escritor de ‘Suspeitos’ e ‘Valquíria’; um diretor ainda não foi contratado.

O terceiro título da lista é ‘Motorcade‘, um thriller a ser dirigido por Len Wiseman (responsável por ‘Underworld’ ou ‘The Jungle 4.0’ e o hubby de Kate Beckinsale). Billy Ray está encarregado de reescrever o roteiro, que se concentra nos terroristas que tentam atacar o presidente dos Estados Unidos quando ele circula, com toda a sua comitiva, pelas ruas de Los Angeles.

Entretanto, a Universal quer contar com Cruise para ‘Lost for Words’, uma comédia sobre um triângulo amoroso estrelado por um ator, um diretor e sua intérprete. Cruise interpretaria o ator, que inicialmente se apaixona pelos encantos do tradutor, e depois se apaixona pelo diretor, que é de origem chinesa. Obviamente, o intermediário entre os dois não permitirá que eles acabem juntos. No início, o nome de Hugh Grant ressoava, mas parece que os produtores preferem Cruise; Zhang Ziyi seria o diretor. A segunda pista feminina e o verdadeiro diretor estão faltando no filme.

A 20th Century Fox também tem dois projetos nos quais a Cruise está interessada, mas ainda não assinou nada. Eles são ‘Wichita‘ e ‘Hardy Men’, também comédias; parece que o Cruise quer dar a volta à sua carreira, pelo menos agora que ele está mais popular novamente. O primeiro o reuniria com Cameron Diaz e seria sobre um agente disfarçado que se apaixona por uma mulher que tem problemas com homens. O segundo está pendente de uma reescrita do roteiro por Ed Solomon e contaria com Ben Stiller, que poderia fazer um casal fantástico com Cruise (não esqueço aquele vídeo engraçado onde Stiller toca o duplo de Cruise).

Finalmente, Cruise mostrou grande interesse em estrelar, no próximo ano, ‘The Champions’, uma adaptação de uma série britânica sobre uma equipe de agentes governamentais que sofrem um acidente de avião e são resgatados por uma civilização avançada (ou superior à humana), o que lhes dá habilidades sobre-humanas. Isso parece estranho, não é? Mas interessante também, tudo depende de quem assume a liderança no filme.

Em suma, olhando para todos estes projectos, Tom Cruise parece estar interessado em abordar a comédia, depois do bom resultado do ‘Trovão Trópico’, e em jogar com agentes, o que podemos compreender vendo o sucesso das três partes da ‘Missão Impossível’; a propósito, não há uma quarta parte no horizonte, pelo menos com ele como Ethan Hunt. É normal que o astro precise recuperar seu status e popularidade, ele tem sido muito prejudicado ultimamente, mas esperemos que ele não se limite a estrelar em produtos comerciais e se preocupe em cuidar de sua reputação como ator, por vezes questionada de forma irrazoável.

Pessoalmente, acho que ele é um artista muito subestimado, há filmes recentes de sua filmografia como ‘Eyes Wide Shut’, ‘Minority Report’ ou ‘Collateral’ como prova de sua versatilidade e talento, e já que estamos com o Oscar (não sei se você já ouviu falar), Vale a pena lembrar que o Sr. Cruise foi nomeado para a preciosa estatueta três vezes, pelas suas grandes actuações em “Nascido a 4 de Julho” (Oliver Stone), “Jerry Maguire” (Cameron Crowe) e “Magnólia” (Paul Thomas Anderson). Foi dito que ele alcançaria o quarto com “Leões para Cordeiros” ou “Valquíria”, mas no final não seria.

Vamos ver se ele realmente se recupera aos olhos do público e da imprensa, e é mais uma vez considerado para estes prêmios, que por mais que não gostemos deles, eles continuam sendo os mais importantes da sétima arte.

Pd: Como tem sido injusto com Mickey Rourke…

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Esta web utiliza cookies propias y de terceros para su correcto funcionamiento y para fines analíticos y para mostrarte publicidad relacionada con sus preferencias en base a un perfil elaborado a partir de tus hábitos de navegación. Al hacer clic en el botón Aceptar, acepta el uso de estas tecnologías y el procesamiento de sus datos para estos propósitos.
Más información
Privacidad