Paper Birds (2010) por Emilio Aragón

Paper BirdsSpain

(2010) *

Duração: 125 min.

Música: Emilio Aragón

Fotografia: David Omedes

Roteiro: Fernando Castets e Emilio Aragón

Endereço: Emilio Aragón

Intérpretes: Imanol Arias (Jorge del Pino), Lluís Homar (Enrique Corgo), Roger Princep (Miguel), Carmen Machi (Rocío Moliner), Fernando Cayo (Capitán Montero), Diego Martín (Quiroga), Oriol Vila (Pastor) Luis Varela (Arturo), José Ángel Egido (Don Ricardo), Javier Coll (Pedro Ostense), Concha Hidalgo (Amparo), Ana Cuesta (Merceditas), Pedro Civera (Herrera), Francisco Merino (Luciano), Lola Baldrich (María).

Jorge del Pino e seu amigo Enrique Corgo trabalham no mundo do vaudeville, ganhando a vida com seus números cômicos no meio dos horrores da guerra.

Um dia, após voltar de um de seus empregos, Jorge é surpreendido por alarmes devido a um ataque aéreo e deve se esconder em um abrigo, encontrando sua casa quase em ruínas e sua esposa e filho mortos na saída.

Um ano depois, quando a guerra acabou, Jorge reaparece sem dar qualquer explicação, voltando a trabalhar para Arturo, fazendo um novo casal com Enrique, que decide adotar Miguel, uma criança que todos os dias vai à procura de emprego na empresa e cujos pais desapareceram, tendo que suportar o abuso do seu tutor.

Os três montam um novo número e iniciam suas viagens de sobrevivência, observados de perto pelo capitão Montero e pelo sargento falangista Quiroga, que suspeitam que muitos comunistas estão se escondendo no show business, sendo Jorge um dos maiores suspeitos, então eles se infiltram em outro NCO da companhia.

Uma grande oportunidade surgirá para eles quando Arturo os enviar para trabalhar em uma vila e lhes permitir manter o dinheiro da bilheteria, sendo o show um sucesso, embora Jorge mostre muito claramente seu pouco afeto pelo Caudilho.

Tudo ficará amargo quando descobrirem que o dinheiro recolhido lhes foi roubado, guardando a situação para a sua parceira, a cantora Rocío Moliner, já que o prefeito, apaixonado por ela, permite que fiquem e comam lá e lhes dá outro show na semana seguinte em uma aldeia vizinha.

Entretanto, são convidados a ver o NO-DO no qual Miguel vê uma mulher que diz ser sua mãe e lhe pede para levá-lo a Almagro, onde filmaram a notícia de sua partida.

E como terão de ir a Cáceres para actuar para Franco por decisão do Capitão Montero, Jorge aproveita a viagem, conseguindo encontrar a mãe de Miguel num colégio interno com a cabeça completamente fora, o que vai esconder o filho para evitar o sofrimento.

Outro membro da empresa, um esquerdista como Jorge, decide que pode aproveitar a actuação para acabar com Franco.

O sargento disfarçado observa os movimentos e decide agir mesmo apreciando Jorge. Ele avisa Montero, embora, não podendo falar com ele, ele conta ao seu superior que ignora tudo relacionado ao assunto, o que o faz entender que Montero faz parte da trama contra Franco e corre para o teatro onde avisa Jorge para sair, evitando ser preso e implicando-os na conspiração.

Jorge, Miguel e Enrique fogem como seu amigo lhes pediu, sob o pretexto da doença do menino, antes que os militares intervenham.

Fazem-no com passaportes falsos e decidem fugir para a Argentina, para o qual devem partir de comboio para Lisboa, onde embarcarão para aquele país.

Mas pouco antes da partida do comboio, chega o Sargento Quiroga e pára o Jorge que vê o comboio partir com o Enrique e o Miguel. Ele vai correr atrás deles sendo mortos pelo sargento enquanto Miguel assiste à morte do seu verdadeiro pai.

Muitos anos depois, na sua velhice, Miguel recebe uma homenagem pela sua carreira e lembra-se dos seus verdadeiros pais, Jorge e Enrique, e de tudo o que lhe ensinaram.

Classificação: 2

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Esta web utiliza cookies propias y de terceros para su correcto funcionamiento y para fines analíticos y para mostrarte publicidad relacionada con sus preferencias en base a un perfil elaborado a partir de tus hábitos de navegación. Al hacer clic en el botón Aceptar, acepta el uso de estas tecnologías y el procesamiento de sus datos para estos propósitos.
Más información
Privacidad