Penelope Cruz não vai estrelar em ‘Melancholia’, o próximo Lars Von Trier

Quando comunicamos notícias, parece que estamos nos movendo no campo dos boatos, sempre com a liberdade condicional daqui para lá. Mas mesmo quando algo é anunciado com total certeza, porque os contratos já foram assinados ou mesmo quando se fala de rebentos presentes e não de projetos futuros, as coisas podem mudar, ser paralisadas, adiadas ou canceladas. Portanto, é preferível nunca garantir nada.

Lars Von Trier, cujo último trabalho foi o controverso ‘Anticristo’, já está preparando seu novo filme: ‘Melancolia’. Não nos surpreende saber que embora seja um filme sobre desastres naturais, focando o perigo que representa a proximidade da órbita terrestre do planeta Melancholia, o autor se concentrará principalmente no aspecto psicológico dos eventos. Esta é a parte da notícia que, por enquanto, parece estar confirmada, quanto mais não seja porque já existe há algum tempo.

O que pode ser mais surpreendente é a novidade que é acrescentada agora: Penélope Cruz poderia ser o protagonista deste psicodrama. Diz-se que Von Trier declarou numa entrevista que deu à televisão dinamarquesa – juntamente com o seu assistente de realização, Anders Refn – que tinha estado a escrever o guião com Pe em mente desde o início.

Penelope Cruz disse “não” a Lars Von Trier por causa de problemas de datas.
As atrizes que trabalharam como protagonistas para Von Trier não repetiram com ele e, neste momento, não sei de quem foi a decisão desta pausa: deles ou do cineasta. Mas suspeita-se que seja do trabalho dos atores que, em mais de uma ocasião, declararam ter sofrido durante as filmagens. O dinamarquês também tem sido acusado de mostrar uma visão misógina em seus filmes. A verdade é que nos últimos tempos tem estado mais interessado nas personagens femininas, seja para as submeter a torturas psicológicas, seja porque as acha mais intrigantes e frutuosas.

Estima-se que o orçamento para a “Melancholia” possa ser de cerca de cinco milhões de dólares. Não é muito para um filme de ficção científica, mas o produtor, Peter Aalbaek Jensen, advertiu que haveria “alguns efeitos especiais, mas nenhuma comparação com Hollywood”. As filmagens terão lugar ao longo de 2010. Von Trier planeja lançá-lo em Cannes em 2011, embora já se fale que, para falar do apocalipse, melhor 2012… bem, essa é a data em que ele chega ao nosso país.

Via | A Playlist.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Esta web utiliza cookies propias y de terceros para su correcto funcionamiento y para fines analíticos y para mostrarte publicidad relacionada con sus preferencias en base a un perfil elaborado a partir de tus hábitos de navegación. Al hacer clic en el botón Aceptar, acepta el uso de estas tecnologías y el procesamiento de sus datos para estos propósitos.
Más información
Privacidad