Primos (2010) por Daniel Sánchez Arévalo

PrimosEspanha

(2010) *

Também conhecido como:
– “Três Primos e um Casamento” (América espanhola)

Duração: 97 min.

Música: Julio de la Rosa

Fotografia: Juan Carlos Gómez

Escrito e dirigido por: Daniel Sánchez Arévalo

Artistas: Quim Gutiérrez (Diego), Raúl Arévalo (Julián), Adrián Lastra (José Miguel), Inma Cuesta (Martina), Antonio de la Torre (Bachi), Clara Lago (Clara), Nuria Gago (Yolanda), Alicia Rubio (Toña), Marcos Ruiz (Dani).

Só quando vê que nem sua noiva nem seus convidados aparecem para o casamento, Diego percebe que a separação anunciada por este foi verdadeira.

Desapontado, deixa-se levar pelos primos José Miguel e Julián, que tentam fazê-lo esquecer Yolanda indo a Comillas, onde passaram as férias de infância, na esperança de reviver a sua diversão, e, com sorte, encontrar Martina, a primeira namorada de Diego.

Durante a viagem, o doente José Miguel dorme numa caixa de comprimidos, mas quando acorda, corre como um louco para a casa onde passaram as férias de Verão em criança, assustando a criança da casa, que por acaso é o filho de Martina, cuja família alugou a casa para as férias, e que, sabendo o que aconteceu, os convida a ficar lá, até à chegada do seu companheiro.

Julián reencontra Bachi, a antiga dona da loja de vídeo da aldeia, com quem costumava ir pescar e que se tornou uma alcoólica amarga quando vê a sua filha Clara, que Julián não vê desde a comunhão e que agora se tornou uma prostituta.

Clara, que então o perseguia por toda parte, agora o ignora quando ele tenta convencê-la a largar o emprego, e também se sente atraída por ela.

Por sua vez, José Miguel, que perdeu um olho na guerra e se tornou pusilânime e dependente de comprimidos, sente falta de sua namorada, Toña, que cuida dele com cuidado, embora ela tenha excelentes relações com o filho de Martina, um hipocondríaco como ele.

Diego passa a noite na cama com Martina e eles até fazem amor, embora ela não espere nada mais dele do que se divertir.

Diego parece estar feliz e recuperado após este encontro, mas depois Toña e Yolanda chegam a Comillas, advertidos pela própria Martina que acredita que Diego ainda a ama, causando um enorme conflito na cabeça desta última, que percebe que não é tão fácil esquecer Yolanda, mas que ele também ama Martina.

Os três primos estão confusos, porque Julián percebe que sua habilidade como vendedor e todo o dinheiro que ganha dessa forma não o satisfazem, e de repente pensa que poderia ajudar sua amiga Bachi e Clara para que ela desistisse da prostituição e seu amigo álcool.

José Miguel, absolutamente dependente de Toña, começa a perceber que ela sofre da Síndrome de Munchausen e gosta que ele esteja doente para poder cuidar dela.

Recordando seu último verão juntos, decidem repetir o “feito” daquela época, quando, durante as festas, os três subiram ao palco e dançaram e cantaram com grande sucesso. Um sucesso que eles irão obter novamente triunfando com a sua dança.

José Miguel decide enfrentar seus medos, e sua namorada entrando no galeão pirata, uma atração que tanto ele quanto Dani entram em pânico, superando seus medos juntos.

Julián consegue que Clara e Bachi conversem e cheguem a um acordo para que ele pare de beber e ela possa deixar o seu trabalho como prostituta.

Diego, por sua vez, decide voltar a Madrid com Yolanda, a quem ainda ama e com quem quase casou.

Mas ele retorna na manhã seguinte, sentindo que seu verdadeiro amor é Martina, descobrindo também que Dani é seu filho, tendo encontrado isso em José Miguel, seu melhor amigo.

Classificação: 3

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Esta web utiliza cookies propias y de terceros para su correcto funcionamiento y para fines analíticos y para mostrarte publicidad relacionada con sus preferencias en base a un perfil elaborado a partir de tus hábitos de navegación. Al hacer clic en el botón Aceptar, acepta el uso de estas tecnologías y el procesamiento de sus datos para estos propósitos.
Más información
Privacidad