Rodrigo, de “Malhação” é o mocinho que nem Luciana e nem ninguém merece – Coisas De TV

Pode parecer que já larguei a temporada atual de “Malhação” de mão, mas a verdade é que sempre deixo ligado no horário por falta de coisa melhor pra assistir. Como já disse em um texto anterior, a temporada ainda não é um dos maiores acertos do mundo, mas melhorou bastante do trambolho que começou sendo. Apesar de boas mudanças e de casais mais carismáticos aparecendo (torço muito pra Jéssica e Luan, por exemplo), algumas coisas continuam tão ruins quanto no começo, senão piores.

Um exemplo disso é o personagem de Rodrigo (Nicolas Prattes). Se você acompanha a gente desde-sempre, vocês sabem que sempre reclamamos nos blogs sobre a falta de carisma de Rodrigo, que beira a songamonguice pura. O menino não tinha nenhuma personalidade, era facilmente engrupido por gente tipo Ciça (Júlia Konrad) e sempre foi o maior pastelão que a trama podia nos oferecer. Rodrigo era uma espécie de Ben (Gabriel Falcão) da temporada “Casa Cheia” só que aparentemente menos apaixonado; o romance dele com Luciana (Marina Moschen) nunca convenceu muito.

luciana-rodrigo

Acontece que recentemente os dois passaram por uma vibe de romance e ficaram juntos, juraram amor eterno mesmo em meio a brigas de família e negozdi corrupção (aliás, por onde anda a investigação de corrupção do pai do Rodrigo? Um beijo!) e até juraram amor eterno com um chaveiro. Tudo muito bom, tudo muito bem, até a chegada de Flávia, uma loira misteriosa que é apaixonada por Rodrigo desde os tempos de escola, quando ela ainda era uma menina gordinha e sem graça. Flávia, agora gata e lutadora de taekwondo, resolveu voltar pra cidade e conquistar Rodrigo. Por que? Não sabemos. Talvez porque essa temporada da novela vá até agosto e a gente precise de conflito entre o casal (afinal nem todo mundo pode ser MariBen que não se separa nunca), ou talvez porque coerência nunca tenha sido o forte da atual temporada da novelinha.

Mas não é exatamente sobre Flávia que vamos falar nesse texto, e sim sobre Rodrigo. Nem vou entrar no mérito da atuação um pouco fraca do rapaz ou qualquer coisa do gênero, mas se liga então que é hora da problematização. Se você está acompanhando a novela, você sabe que Rodrigo terminou com Luciana porque ela não contou na hora que soube que Rodriguinho podia ser filho do Samurai (Felipe Titto). Luciana tentou fazer as pazes, mas não rolou, então os dois permanecem separados e uma coisa me incomodou demais no episódio de ontem: Rodrigo mal terminou com Luciana e já saiu com Flávia porque “a carne é fraca”.

Se você não assiste “Malhação”, eu explico: Flávia é essa menina gata, que é afim de Rodrigo e dá em cima dele em todas as ocasiões mesmo enquanto ele ainda namorava com Luciana. Pra ela, problema nenhum, ela é solteira. Acontece que Rodrigo mal terminou com seu grande amor Luciana e já aceitou um convite pra ir a uma festa com Flávia, garota essa que Roger (Breno Leone), seu melhor amigo, é afim. Em uma conversa, Rodrigo justificou o fato de ter aceitado o convite de Flávia: a menina é muito insistente e ele é homem, não consegue resistir. Oi? Gente, sério? Em 2016 a justificativa do cara pra resolver dar uma chance pra uma menina dias depois de ter terminado um namoro é que a carne é fraca e ele não consegue resistir? Então ok? Por que ele é homem?

flavia-rodeigo

No episódio de ontem vimos uma Luciana arrasada por ter visto o ex junto com a menina que vivia dando em cima dele, e um Rodrigo bem despreocupado porque estava no seu “direito” já que era “solteiro e precisava curtir”. Também vimos um Rodrigo 100% nem aí com o fato do seu melhor amigo ser afim da menina porque afinal de contas, ele não é muito bom em resistir. Então façamos assim: tudo bem você ser um cara péssimo que magoa a sua ex e não liga pros sentimentos do seu melhor amigo se você for homem e quiser curtir, ok? Ok.

Não estou falando que a novela é um desastre em tratar questões de gênero, até porque já tivemos umas discussões interessantes sobre machismo e feminismo e até umas boas falas da Nanda (talvez uma das melhores personagens da temporada) sobre gostar de usar roupa curta e etc; mas Rodrigo é péssimo. Ele exige perfeição da namorada e faz dela uma vilã porque ela não contou algo que ouviu e achou que seria imprudente, mas vive sambando na cara dela com as justificativas mais estapafúrdias “Flávia insiste” “Eu precisava me divertir” etc.

Até entendo que talvez essa jeito mais descoladão do Rodrigo tenha vindo justamente porque no começo da trama ele era quase uma Regina atrás de justiça, mas não tem como defender. Nem a songamonguinha da Luciana merece um cara desses. Aliás, ninguém merece dois pesos e duas medidas em um relacionamento, ok, meninas? Já está bem na hora de “Malhação” colocar um protagonista legal, sem esses negócios de machismo (lembram do Duca da temporada passada, que lástima?), de maltratar as meninas, de cobrar prova de amor com primeira vez e tal, até porque homem ruinzinho a gente já tem aos montes aqui fora. Na TV não precisa de mais não, principalmente em uma novela direcionada pra um público tão jovem.

Ninguém merece esse Rodrigo. Nem a Luciana e nem ninguém.

Share this:

Curtir isso:

CurtidaCarregando…

Relacionado

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Esta web utiliza cookies propias y de terceros para su correcto funcionamiento y para fines analíticos y para mostrarte publicidad relacionada con sus preferencias en base a un perfil elaborado a partir de tus hábitos de navegación. Al hacer clic en el botón Aceptar, acepta el uso de estas tecnologías y el procesamiento de sus datos para estos propósitos.
Más información
Privacidad