The Pale Rider(1985), de Clint Eatswood

O cavaleiro pálidoO cavaleiro pálidoPale

rider (1985) * EUA

Duração: 113 min.

Música: Lennie Niehaus

Fotografia: Bruce Surtees

Roteiro: Michael Butler, Dennis Shryack

Endereço: Clint Eastwood

Artistas: Clint Eastwood (Preacher), Michael Moriarty (Hull Barrett), Carrie Snodgress (Sarah Wheeler), Christopher Penn (Josh LaHood), Richard Dysart (Coy LaHood), Sydney Penny (Megan Wheeler), Richard Kiel (Club), Doug McGrath (Spider Conway), John Russell (Stockburn), Charles Hallahan (McGill)

Califórnia, final do século XIX. Um grupo de garimpeiros de ouro drena as areias do rio ao lado do qual montaram seu acampamento, sem saber que uma dúzia de cavaleiros estão cavalgando lá.

Tudo está muito calmo até que eles começam a ouvir, inquietos, o som dos cascos dos cavalos que se aproximam, vendo como quando eles chegam começam a atirar no ar e destruir suas cabanas e bater nos mineiros, enquanto uma menina, Megan, tenta salvar seu cão, vendo como um dos cavaleiros atira contra ele e o mata, como antes tinham acabado com o escasso gado que os membros do acampamento tinham.

Megan, devastada pela morte do seu cão, enterra-o na floresta e reza, dizendo a Deus que se ele não os ajudar a todos morrerão, o que a faz duvidar da sua existência, pelo que lhe pede um milagre.

Atravessando as montanhas nevadas, um cavaleiro cavalga sozinho.

Apesar do que aconteceu, Hull Barrett, um dos buscadores decide ir à cidade, apesar do que, segundo todos eles, aconteceu da última vez, reprovando-o uma vez lá o lojista que não esperou que os espíritos se acalmassem, lembrando-lhe também que o último pagamento que fizeram foi 8 meses antes, assegurando-lhe Barrett que lhe pagarão quando encontrarem algum ouro, desistindo finalmente do lojista e dando-lhe o que ele pede, apesar de também ter medo de LaHood, sendo o seu único negócio que não lhe pertence.

Depois de recolher as coisas, o lojista recomenda-lhe que entre no carrinho e saia sem prestar atenção às provocações, embora assim que saia da tenda comece a ser cercado por vários dos homens que arrasaram o acampamento, armados com paus, sendo observado de longe pelo cavaleiro que chega das montanhas.

Barrett assegura-lhes que não foi lutar, mas os homens, depois de se meterem com ele, batem-lhe com força, antes do que ele tenta livrar-se deles, escondendo-se debaixo da carroça, perante a qual um dos bandidos decide incendiar a sua mercadoria, Vendo quando ele vai trazer a sua partida para o carro, que o cavaleiro lhe atira um balde de água e o desliga, depois ele pega num pau como o que eles têm, enfrentando o grupo de bandidos que ele atinge com força apesar da sua superioridade, todos eles acabando no chão diante do olhar atônito do lojista e da sua esposa.

O cavaleiro deixa a cidade como tinha chegado, seguido pelo grato Barrett que lhe pergunta se está de passagem e o avisa para não ficar na cidade, oferecendo-lhe o seu camarote para dormir naquela noite, vendo quando chegam ao acampamento como um dos mineiros decidiu partir cansado de lutar.

Megan lê no Apocalipse a passagem que fala da chegada de um cavalo branco montado por um homem chamado Morte, e o inferno o seguiu, vendo como justamente naquele momento aparece o estranho cavaleiro, que pouco depois os apresenta a Sarah e Megan, com quem vive, pedindo a Sarah enquanto o homem se lava para expulsá-lo, porque parece tão briguento quanto os bandidos de LaHood, verificando quando ele sai que está usando uma coleira, e que ele é um pregador.

Quando os homens de LaHood chegam tarde e machucados no trabalho, o filho do dono, Josh, não pode acreditar que um homem possa fazer isso com eles.

Barrett informa ao pregador que LaHood quer tomar conta das minas em todo o condado, apesar de não ter nenhuma propriedade em seu nome.

Ela também explica que cuidou de Sarah e Megan quando seu marido os deixou, esperando casar com a mãe deles.

Após a refeição Barrett leva o Pregador até o rio, onde há uma grande pedra que ele acredita estar escondendo ouro debaixo dela, estando determinado a terminá-la ou a mandá-la terminar, não podendo dinamitá-la para não estragar a veia, o Pregador decidindo bater a pedra de mão em mão com ele diante dos olhos atentos de Megan e dos outros buscadores, que se espantam com a força com que o Pregador trabalha.

Mas enquanto eles estão trabalhando, Josh LaHood aparece acompanhado pelo Clube gigante, tentando intimidá-los, pedindo ao pregador para sair do Carbon Canyon. Ao que ele responde que há muitos pecadores e que ele deve terminar seu trabalho.

Então o Club vem até eles, pega o martelo e com um único golpe de martelo divide a pedra em dois, mostrando sua força.

Mas quando ele vai bater no pregador, ele o martela primeiro no rosto e depois em suas partes, depois ele acompanha o clube de luto ao seu cavalo, que ele deve ajudá-lo a subir, para vê-los ir embora com ele e Josh.

Depois de testemunhar o desempenho do pregador, todos os mineiros vêm ajudar Barrett com a sua pedra, mesmo aqueles que se preparavam para partir.

Josh LaHood e seus homens vão à estação para esperar seu pai que vem de Sacramento, e que lhes pergunta como está indo no Carbon Canyon, e lhe contam sobre o estranho que conseguiu reuni-los, ao qual seu pai os reprova que o espírito dos mineiros foi quebrado quando ele partiu para Sacramento, e que um pregador pode restaurar sua fé, então ele lhes pede que o mandem embora, embora então ele pense que não é bom fazer dele um mártir e eles devem agir de outra maneira.

Ele lhes diz que também devem agir rapidamente, já que os políticos querem eliminar a mineração de água.

Em casa, fascinada pelo pregador, Megan pergunta à mãe se os pregadores se casam, e responde que não sabe por que não.

Barrett encontra então uma pepita enorme debaixo da pedra, como ele esperava, então ele decide ir à cidade para comemorar, podendo pagar sua dívida com a pepita, indo a esta com o pregador.

Hull salda sua dívida, e Josh vai cumprimentar o Pregador, a quem ele diz que seu pai quer falar com ele. O Pregador vai à reunião onde LaHood se propõe a construir-lhe uma igreja na cidade, e ele responde que você não pode servir a Deus e ao Diabo, LaHood lhe diz que construiu a cidade sem pedir ajuda a ninguém e que tem uma escritura na qual lhe dizem que tem o direito de explorar todos os minerais da região. O Pregador responde que não acredita nisso, porque se tivesse esse direito ele o teria exercido e sabe que há queixas pendentes e que se a escritura fosse real ele não teria tentado suborná-lo.

LaHood então passa a ameaça e lhes dá 24 horas para sair, dizendo-lhes que se houver derramamento de sangue a culpa será deles, pois ele conhece um comissário, Stockburn, que não será tão paciente quanto ele.

O Pregador lhe pergunta se ele compraria as reclamações, LaHood responde que estaria disposto a pagar-lhes 100 dólares por cabeça, dizendo que deveria dar-lhes 1000 dólares, porque contratar Stockburn e seus homens lhe custará mais, finalmente aceitando LaHood, mas dando-lhes apenas 24 horas para saírem.

Os buscadores se reúnem para avaliar a proposta, muitos deles estão dispostos a aceitar, embora outros como Barrett pensem que se lhes dão tanto é porque ele espera encontrar muito mais, embora o Pregador os avise que se ficarem o comissário que está acostumado a matar chegará, Apesar disso, Barrett insiste que há 20 deles e apenas 7 dos pistoleiros e que ele lhes diz que quer começar uma família e que essa é a sua casa e lá eles enterraram membros de suas famílias, dizendo que se eles forem vendidos agora ele não sabe que preço eles vão colocar sobre a sua dignidade no futuro, os mineiros optam por ficar depois de ouvi-lo.

À noite o Pregador caminha pela floresta, Megan sai ao seu encontro, dizendo-lhe que enterrou lá o cão e rezou para que um milagre acontecesse, e então ele entra, dizendo-lhe que acha que ela o ama, dizendo que eles devem praticar com o espírito antes de fazer amor, embora ela lhe diga que fará 15 anos em um mês e que já pode estar casada, dizendo-lhe que uma jovem como ela não pode compartilhar seu futuro com um homem como ele, embora Megan pense que ele não a ama porque ele se apaixonou por sua mãe, já que ele viu como eles se olham.

O Pregador vê como os mineiros de Lahood estão exterminando a natureza com fortes jatos de água, informando Josh que os mineiros não aceitaram sua oferta, e então vendo um dos homens de Lahood na estação enviando um telegrama.

Barrett observa no dia seguinte que o Pregador saiu, sendo censurado por Sarah por incitar os outros mineiros a recusarem o dinheiro que lhes foi oferecido, mesmo que antes do Pregador aparecer ninguém tivesse votado dessa forma, e se eles soubessem que ele ia sair, também não o teriam feito.

Ouve-se então uma explosão, vendo que o riacho foi dinamitado, cujas águas deixam de fluir.

Enquanto isso, o Pregador vai a um banco, do qual tem uma chave, tirar algumas armas de seu cofre de segurança e deixar sua coleira na caixa.

Os homens se perguntam o que vão fazer, Barrett lhes diz que o Pregador foi embora, e ainda assim os homens decidem ficar mais alguns dias, embora não estejam tão confiantes, e então outro dos homens, Aranha, diz-lhe que ele deve ir embora com as duas mulheres, pois ele tem coragem, mas não consegue convencer, e que os homens, sem o Pregador, já não o seguem tão fielmente.

Mas nessa mesma manhã, o próprio Aranha encontra uma enorme rocha dourada, por isso decide, felizmente, descer para a cidade com os seus filhos.

Barrett pergunta então a Sarah o que ela tem contra ele e pergunta-lhe se há alguma possibilidade de viverem juntos, e ela diz que sim, pois ele é o homem mais simpático que ela conhece, e ele diz-lhe que os três vão começar juntos noutro lugar e que na próxima cidade que encontrarem vão procurar um pregador para casar.

Megan leva o cavalo de Barrett para um passeio até as Minas LaHood, onde Josh explica como elas funcionam, fazendo os fortes jatos de água soltarem todo o cascalho, destruindo a terra até alcançarem tubos cada vez mais estreitos, filtrando o que não funciona.

Depois disso ele se aproxima de Megan, e depois de tirá-la do cavalo, mostra-a aos seus trabalhadores, que vêem como Josh, depois de beijá-la, se atira sobre ela e tenta estuprá-la enquanto é puxada por seus homens. Aparece então o Pregador, que atira, fazendo-o parar, embora então Josh tente atirar nele, embora o Pregador o evite atirando em sua mão, depois do que ele se aproxima, pega Megan e a leva com ele.

Enquanto isso, na cidade Conway Spider, bêbado, se exibe com sua enorme pepita no escritório de LaHood, que, encontrando-se com Stockburn, explica a ele como o pregador o envergonhou na frente de seus homens, dizendo que o xerife conhecia alguém assim, mas ele pensa que está morto.

Do escritório de LaHood vem o xerife e seus seis pistoleiros, que fazem frente a Spider, que protesta contra LaHood, com os pistoleiros tirando suas armas e começando a atirar nos pés de Spider, quebrando sua garrafa e sua pepita, na qual Spider, indignado, saca sua arma, o que serve de desculpa para os pistoleiros acabarem com ele diante dos olhos horrorizados de seus filhos, a quem é dito para dizer ao pregador que querem falar com ele na manhã seguinte.

O Pregador chega ao acampamento levando Megan, sendo então informado do que aconteceu com Spider, que seus filhos estão levando em um carro.

O Pregador lhes diz que só seguindo juntos poderão enfrentar LaHood, para evitar o que aconteceu com Spider, que decidiu fazer guerra por conta própria.

Sarah vai visitar o Pregador e lhe diz que sabia que ele era um pistoleiro desde o início, embora ela lhe peça para não ir à cidade, e ele responde que é uma velha conta que ele tem que acertar.

Ela admite que quando ele apareceu ela começou a ter os sentimentos que tinha prometido reprimir quando o marido a deixou, e por isso decidiu agarrar-se à realidade, pois ela sabe que ele também vai embora, dizendo-lhe que é por isso que ela vai casar com Hull, mesmo que ela o beije dizendo que o faz para não acordar todas as noites para o resto da sua vida arrependida.

Então uma voz distante grita “Pregador”, uma voz do passado, diz ele, que pede a Sarah para fechar a porta, perguntando-lhe quem ele realmente é, dizendo que não importa, depois eles se deitam enquanto à distância a voz ainda é ouvida.

Na manhã seguinte o Pregador levanta-se cedo para ir ao seu encontro na cidade, e Barrett sai ao seu encontro, dizendo-lhe que o acompanhará com o seu rifle, o que o Pregador diz ser bom para o búfalo, embora não haja búfalos onde ele vá, mas Barrett o acompanha.

Juntos eles vão às minas de LaHood e começam a jogar dinamite contra o acampamento dos homens deste, que eles destroem, como antes faziam com o dele, destruindo também os seus canos de água.

O Josh parte para matar o pregador, mas o Clube evita segurá-lo.

Então o pregador faz o cavalo do Barrett ir embora, então ele não pode acompanhá-lo, dizendo-lhe para tomar conta da Sarah e da Megan.

Barrett, que entra por trás e acaba com ele, pergunta à sua mãe se ela se despediu do pregador.

O Pregador chega à cidade para o espanto dos mineiros de LaHood, indo à loja para tomar um café, pedindo a ele e a sua esposa que saiam.

Os homens de LaHood se aproximam do local para ver o que ele está fazendo, notando que suas costas estão à porta, então eles decidem agir sem esperar pelo xerife, começando a atirar, percebendo quando ficam sem balas que ele não estava onde eles pensavam que estava, então dois deles fogem, acabando com o pregador com os outros antes de poderem recarregar suas armas, Observando LaHood com admiração enquanto ele sai para a rua desafiadora atrás dele, o comissário percebe que é um convite para encontrá-lo, embora na hora em que seus homens saem para lá seja apenas seu chapéu, pedindo-lhes que se espalhem e o encontrem, os pistoleiros vagando pelas ruas da cidade em busca dele.

Quando um dos homens abre uma porta, ele é atingido, e um tiro é ouvido pouco depois. Ele vê outro dos homens cair, e os outros vão para o lugar de onde o morto veio, e mais dois morrem, apanhados pelas costas.

Pensando que ele está em um urinol, outro dos homens se prepara para atirar nele, sendo surpreendido pelo pregador que estava escondido debaixo d’água, sendo pego por último em um estábulo, acabando com ele e amarrando-o a um cavalo que o está arrastando.

Ele então sai à rua para encontrar seu verdadeiro inimigo, o xerife, a quem ele se aproxima, reconhecendo-o e dizendo “você” quando o vê, mas ele não continua a sacar sua arma, porque o pregador o costura com balas.

De seu escritório LaHood se prepara para atirar no pregador com seu rifle, evitando Barrett que entra por trás e o acaba com ele.

No seu cavalo, o pregador diz a Barrett, “uma longa caminhada”, antes de partir.

Então Megan chega e grita quando não consegue mais alcançá-lo: “Pregador, todos nós te amamos, eu te amo”. Obrigado. Adeus”, depois do que a garota volta para o acampamento com Hull.

Classificação: 3

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Esta web utiliza cookies propias y de terceros para su correcto funcionamiento y para fines analíticos y para mostrarte publicidad relacionada con sus preferencias en base a un perfil elaborado a partir de tus hábitos de navegación. Al hacer clic en el botón Aceptar, acepta el uso de estas tecnologías y el procesamiento de sus datos para estos propósitos.
Más información
Privacidad